Uma mulher morreu durante seus momentos íntimos na residência de seu amante na segunda-feira (1), na cidade de Oshogbo, a capital do Estado de Osun, na Nigéria. A vítima foi identificada pelas autoridades locais como Damilola, de 25 anos, que era casada. Conforme informações, a mulher estava em uma maratona de sexo selvagem com o amante, que não teve o nome revelado por motivos de segurança, quando passou mal e morreu.

Segundo informações do portal de notícias New Telegraph, a vítima teve um desentendimento com o seu marido e, nervosa com toda a situação, resolveu passar uns dias morando na casa de seus pais. Ainda de acordo com o portal, ela teria relatado para seus pais que iria viajar para a cidade de Oshogbo para assistir ao casamento de uma amiga.

Publicidade
Publicidade

Entretanto, era apenas um pretexto para ficar com o seu amante. Segundo testemunhas, o que provocou a briga de Damilola com o marido foi ele ter descoberto a traição. Diante disso, ela foi morar na residência de seus pais, enquanto as duas famílias tentavam resolver o mal-entendido entre a vítima e o marido.

Conforme informações repassadas pelas autoridades locais, quando a jovem chegou à cidade para assistir o casamento da amiga, ela resolveu passar uns dias morando na residência do amante. Conforme informações apuradas pela polícia, no dia fatídico que resultou na morte da jovem, a vítima estava praticando atos sexuais com o amante. Em determinado momento, a jovem começou a passar mal repentinamente e acabou morrendo.

O socorro foi acionado pelo homem, relatando que uma mulher estava passando mal.

Publicidade

Uma equipe de socorristas encaminhou a vítima às pressas para uma unidade médica da cidade, mas ela já deu entrada no hospital sem os sinais vitais.

Em seguida, o foi encaminhado para necropsia e depois ficou à disposição dos seus familiares. A polícia também foi acionada e o local onde ocorreu a morte foi isolado para o trabalho dos peritos.

O amante foi preso e encaminhado para uma delegacia da cidade para prestar mais esclarecimento sobre a morte da vítima. De acordo com informações da polícia, ele vai ficar detido até que o trabalho das investigações sobre a morte da jovem seja concluído. #sexo #Investigação Criminal #Casos de polícia