Um vídeo registrando o momento em que uma mulher cega foi curada por Deus através de seu batizado, está circulando na internet e comovendo muitas pessoas pelo mundo.

Em 14 de maio aconteceu o batismo de uma senhora, Enza Tomaselli, que foi apelidada de irmã cega por seus amigos mais próximos, e algo incrível aconteceu durante a cerimônia, foi um #milagre. O batizado aconteceu em uma praia na Catania, uma comuna italiana, e foi feito pela Igreja Evangélica Assembléia de Deus da Itália, administrada pelo pastor Paolo Lombardo, que faz parte do CGADI (Conselho Geral das Assembleias de Deus na Itália).

A #Mulher foi levada as águas do mar, onde as ondas estavam muito fortes, com ajuda dos representantes de batismo da igreja e foi orientada por eles a orar e se entregar para Deus, Enza começou a orar e eles a deitaram dentro do mar.

Publicidade
Publicidade

Logo que a onda passou, a mulher levantou a cabeça e começou a olhar para todos os lados, como se não estivesse acreditando no que estava acontecendo, começou a gritar o nome de Deus e dizer que estava enxergando, ela levantou os braços para o céu e agradeceu a Jesus. Os representantes que estavam próximos e um parente abraçaram Enza e todos começaram a comemorar o grande milagre.

Enza era portadora de um severo grau de Estrabismo Convergente e Ptose Palpebral Bilateral, e naquele dia foi totalmente curada de sua doença. Devido a sua situação a mulher dependia dos benefícios do governo para se tratar e se alimentar, mas hoje ela não precisa mais dessas ajudas e pode viver uma vida normal e trabalhar.

O que é Estrabismo Convergente?

Estrabismo Convergente ou Esotropia são os tipos mais comuns de estrabismo que ocorrem quando um dos olhos desvia para dentro no sentido do lado nasal, dando uma impressão de que estivesse olhando para o próprio nariz.

Publicidade

Ou quando os dois olhos desviam para o nariz ao mesmo tempo. E quando esses desvios dos olhos acontecem para fora são chamados de Estrabismo Divergente ou Exotopia.

O que é Ptose?

Ptose também conhecida como Blefaroptose, é um termo que os médicos usam quando se trata de queda da pálpebra superior, e a Ptose pode ser uni ou bilateral. E acontece quando a borda palpebral superior fica abaixo de sua posição normal e cobre o limbo superior. Em casos em que o eixo visual não está comprometido pode ser considerado apenas uma alteração estética, mas caso contrário se torna um problema funcional grave.

A Ptose pode ocorre quando se tem uma grave lesão no nervo oculomotor, grave miastenia ou quando se tem a Síndrome de Horner.

Assista ao vídeo do milagre: