Uma mulher da Flórida pagou um rapaz de 15 anos para fazer sexo com ela, mais de uma dúzia de vezes. Rebecca McGraw teria pago por volta de mil reais por cada sessão de sexo com o garoto. Agora, ela está enfrentando a #Justiça americana e se encontra detida preventivamente, com uma fiança de quase 600 mil reais. Se trata de um caso de prostituição de menores preocupante, mas McGraw está respondendo ainda por outros crimes, relacionados com o adolescente.

Os policiais de Port St. Lucie prenderam Rebecca, na quinta-feira (25), e ela foi acusada por atividade sexual com um menor, de acordo com as informações do portal CBS12.

Publicidade
Publicidade

A mulher trabalhava como gerente-assistente de um complexo de apartamentos, em Port St. Lucie, na Florida e acabou admitindo as relações sexuais com o garoto de 15 anos, que morava nesse complexo. Ela confessou o relacionamento sexual e íntimo com um menor, mas negou ter pago qualquer valor para que esse ato sexual acontecesse. Rebecca disse ainda para os policiais, que só havia se relacionado com o garoto umas "três ou quatro vezes".

Após ser detida, Rebecca McGraw contou para a polícia o que estava acontecendo entre ela e o referido jovem, ainda menor de idade. Porém, depois da detenção, a polícia investigou o caso e a versão contada por o jovem é bem diferente. Ele revelou ter conhecido a mulher na primavera de 2016, uma vez que eles estavam coincidindo no mesmo complexo de apartamentos.

Publicidade

De acordo com o garoto, foi Rebecca quem tomou a iniciativa de se conhecerem. Ele contou que ela o convidou para sua casa, e que ele bebia álcool e fumava maconha, que la mesmo fornecia para ele.

Alegadamente, esses seriam os outros delitos cometidos por essa mulher, dando substâncias ilegais para o menor consumir. No entanto, ela não dava apenas álcool e drogas para ele. Segundo o que a polícia conseguiu investigar, ela pagou entre 400 a 1200 reais por cada um dos "16 encontros sexuais". Depois de seduzir o garoto, ela se encontrou várias vezes com ele, dando dinheiro por cada ato sexual.

O jovem contou ainda que ela lhe confiava o seu cartão de débito, deixando-o retirar dinheiro em uma loja próxima. O caso estaria então muito íntimo e se desconhece como é que todo esse mistério foi desvendado, uma vez que o relacionamento seria secreto.

Rebecca McGraw está detida na prisão do condado do St. Lucie e vai aguardar por julgamento. Infelizmente, são vários os casos recentes de mulheres mais velhas se envolvendo com adolescentes, ainda menores de idade. Esse caso de McGraw poderia ter um julgamento mais pesado, uma vez que envolve não só a sedução de uma mulher mais velha, mas também por ela pagar para o garoto.

O caso vai continuar em julgamento. #Crime