Uma mulher identificada como Gwyneth Montenegro, de 39 anos, revelou que já fez sexo [VIDEO] com mais de 10 mil homens. Segundo ela, em sua vida como uma garota de programa ela chegava a ganhar cerca de R$ 7 mil em uma noite. No entanto, depois de doze anos na indústria do sexo, ela disse que a maioria dos homens não voltava para ela por ela ser sexy, mas porque eles estavam com problemas em seus #Relacionamentos. Residente em Melbourne, na Austrália, ela está revelando o que os homens realmente querem e a resposta pode surpreendê-lo.

Segundo ela, começou a ser garota de programa aos 21 anos. Três anos depois de sofrer um estupro coletivo, que mudou completamente o curso de sua vida.

Publicidade
Publicidade

Na época ela estava com 18 anos e estava em um clube quando sua bebida foi drogada. Ela foi levada para algum lugar onde seis ou oito homens a estupraram naquela noite [VIDEO]. Ela estava se guardando para o casamento. O abuso a virou de cabeça para baixo. De repente ela sentiu-se sem valor. Seus velhos sonhos e aspirações foram jogados fora. Gwyneth descreve a primeira vez que ela foi paga por sexo como sendo "totalmente surreal".

"Uma vez que você é paga para fazer sexo, você não pode tomar isso de volta. Eu só descobri que eu era capaz de compartimentar e mudar meus sentimentos porque eu já me senti suja”, disse ela. Gwyneth foi garota de programa por doze anos, incapaz de desistir dos milhares de dólares que continuava a ganhar e as regalias de usar roupas bonitas e fazer viagens. Segundo ela, ganhava cerca de R$ 3 mil por hora para fazer sexo com advogados, políticos e músicos; e voou para lugares exóticos.

Publicidade

Ainda de acordo com a jovem, ela foi garota de programa por muito tempo por causa dos ganhos altos.

Gwyneth descobriu que a maioria de seus clientes realmente não queria sexo selvagem ou uma fantasia doentia. Segundo ela, o sexo na maioria das vezes era normal. Muitos homens se sentiam mais valorizados depois que eles tinham relações com ela. Gwyneth descobriu que muito de seu trabalho envolveu apenas falar com os homens, embora ela tenha descoberto que havia alguns clientes que gostavam da sensação de possuí-la por um tempo. "Eles têm um prazer intenso em controlar as mulheres”, disse ela.

Ela se tornou uma piloto comercial totalmente licenciado com a idade de 29 anos, mas voltou a ser garota de programa novamente, quando ela foi diagnosticada com insuficiência renal e não poderia mais obter aprovação médica para manter sua licença como piloto.

Aos 33 anos, ela finalmente se aposentou de uma vez por todas e, em vez disso, formou em programação neurolinguística, um tipo de psicoterapia.

Publicidade

Gwyneth então encontrou fama quando escreveu a história de sua vida no livro '10 mil homens', que foi lançado em 2014. Gwyneth disse que esperava que o seu livro rompesse os preconceitos que as pessoas têm de profissionais do sexo e mostra ao mundo que eles também são "seres humanos". "Se eu puder mudar uma pessoa de tomar essa decisão, então eu teria feito algo bom, algo significativo e isso significaria muito para mim", disse ela. #Comportamento