No último sábado dia 06 de maio, foi registrado, em um dos lagos da Flórida (#EUA), um ataque de jacaré. O acidente aconteceu com uma menina de 10 anos, que estava sentada dentro da água, em uma parte rasa de um lago do Parque Moss, perto de Orlando, centro da Flórida, quando foi atacada por um jacaré de cerca de dois metros e meio.

O ataque poderia ter terminado de maneira muito mais séria, mas a garotinha, saiu apenas com alguns ferimentos leves, por conta da mordida do animal. Isso porque, conforme informou a mídia local, a menina se defendeu, utilizando um "truque" que lhe havia sido ensinado durante uma visita ao parque temático Gatorland.

Publicidade
Publicidade

O feito foi contato pelo canal de televisão de Orlando "WFTV". Segundo a emissora, durante conversa com a menina, que não teve sua identidade revelada, ela contou que cutucou as narinas do animal, como aprendido durante sua visita ao parque temático, e assim, conseguiu tirar sua perna da boca do jacaré, antes que sofresse ferimentos mais graves. Ela teve apenas ferimentos leves no joelho e na paturrilha e já está em casa se recuperando, após ter sido atendida por um hospital em Orlando.

A garota precisou de 10 pontos na perta e o animal foi capturado e sacrificado. O acesso aos lados do parque, permanecerá fechado por duas semanas para que investicações sobre o ocorrido sejam realizadas. O parque é frequentado por muitas pessoas e muitos visitantes costumam nadar em seus lagos, principalmente durante os finais de semana.

Publicidade

O gerente de Recreação e Parques do condado Orange, Matt Suedmeyer, indicou ao canal local da rede "CBS" que os salva-vidas do Parque Moss ouviram os gritos da menina e foram ao seu socorro, mas antes mesmo de chegarem até ela, puderam ver que a garota já havia conseguido se desvencilhar do animal. Segundo a Comissão de Conservação de Peixes e Vida Silvestre da Flórida, desde 1948, quando se iniciaram os registros, 338 pessoas já foram mordidas por jacarés no estado e delas 24 morreram em decorrência dos ataques.

Um caso recente de ataque de jacaré que comoveu

No meio do ano passado, um caso de ataque de jacaré na mesma região foi notícia em vários sites dos EUA e do #Mundo. Um menino de 2 anos, passeava com os pais a margem de um lago artificial no Disney's Grand Floridian Resort & Spa perto de Orlando, na Flórida, quanfo foi atacado por um jacaré e levado para o fundo do lago.

Infelizmente, nesse caso, o desfecho foi outro e o menino acabou morrendo em consequência ao ataque do animal.

Publicidade

Mergulhadores acharam o corpo da vítima 18 horas depois. O corpo foi encontrado a 15 metros de onde o ataque aconteceu. Este foi o primeiro ataque com jacaré que causou uma morte na Disney.

Como sobreviver a um ataque de crocodilo e jacaré

De acordo com o site WikiHow se você for atacado por um jacaré ou crocodilo a primeira coisa a fazer é ficar calmo e lutar estrategicamente. Apesar de aburso, manter sob controle contra um animal selvagem será a sua melhor chance de sobreviver, portanto se esforce.

Se um jacaré ou crocodilo morde e solta a vítima em seguida, significa que está apenas se defendendo, dessa forma, não espere nada acontecer, se ele te soltar, não chute ou empurre-o, apenas corra para longe das águas o mais rápido possível.

No entanto se, ao contrário disso, ele prender a vítima, provavelmente tentará arrastá-la para a água, nesse caso você deve atacá-lo até que ele abra a boca.

Ataque os olhos, essa é a parte mais vulnerável desses animais, de acordo com relatos de sobrevivientes a ataques, acertá-los com força ou tentar arrancar os olhos do jacaré foi o que os salvou.

Ataque a cabeça, outra alternativa é atacar a cabeça dele, desfira golpes, socos e pontapés em sua cabeça.

Em último caso, ataque a válvula palatal, que fica atrás da língua, é uma pele saliente atrás da língua que tampa sua gartanta quando ele está submerso, evitando que a água entre e ele se afogue. Se você for arrastado para baixo d´água, puxar essa válvula será, provavelmente, sua única chance de se salvar. A água entrará forçando-o a soltar o que estiver entre os dentes.

Mas sem dúvidas, a melhor ideia é evitar um ataque. Saiba onde vivem esses animais e evite esses lugares, se não for possível, seja cuidadoso e nunca nade em lugares que possam ser habitados por jacarés e crocodilos. Apesar de atacar em qualquer horário do dia, eles são mais ativos ao anoitecer, evite andar, nadar ou navegar em pequenas embarcações a noite, pois são comuns casos com relatos que eles viraram embarcações e puxaram passageiros para dentro da água.

Se for viajar para lugares onde eles são facilmente encontrados, se informe sobre os cuidados que deve tomar com os moradores locais, guias e sites de informações.

E você? Já ouviu algum caso parecido? Deixe seu comentário! #Ataque de Jacaré