Atos de crueldade contra crianças, adolescentes e mulheres todos os dias são divulgados em meios de comunicação. Nesse ritmo de violência, uma criança foi brutalmente espancada por uma babá, uma pessoa que os pais da criança contrataram com o maior carinho para cuidar dela. Mas, infelizmente, não foi isso que aconteceu, em vez de cuidar da criança, a mulher fazia era espancar sem nenhuma piedade. Tudo foi descoberto e ela vai pagar pelos seus atos atrás das grandes.

Uma babá foi flagrada agredindo uma criança que estava sob os seus cuidados depois que os pais da vítima suspeitaram que a ela estava sendo agredida pela babá.

Publicidade
Publicidade

Diante dos fatos, eles decidiram instalar câmeras escondidas. Segundo informações de meios de comunicação, os pais da vítima começaram a notar vários hematomas no corpo da vítima. Eles ficaram chocados quando descobriam que o seu filho era brutalmente espancado pela acusada.

Veja o vídeo logo abaixo

A mulher acusada de ter cometido o #Crime foi identificada como Nadia Shapoval, de 54 anos. Os pais do bebê são um homem, de 37 anos, cujo nome é abreviado para SE, e sua esposa, MTE. De acordo com informações, o casal contratou a mulher para cuidar de seu bebê em sua residência na cidade de Istambul, na Turquia. Conforme relatos dos pais da vítima, não muito tempo depois de ter sido empregada, eles começaram a ver vários hematomas no corpo da vítima. Para descobrir a verdade por si mesmos, ocultaram câmeras em torno de sua residência.

Publicidade

Eles ficaram chocados quando mais tarde assistiram as filmagens depois que a babá tinha sido demitida, para descobrir se ela estava abusando fisicamente da vítima. As imagens mostram a acusada empurrando a criança grosseiramente em uma cadeira alta antes de brutalmente bater em seu rosto. Segundo informações dos pais da vítima, a mulher foi demitida antes que eles assistissem as filmagens e seu paradeiro era desconhecido. Entretanto, eles foram até uma delegacia de polícia da cidade, onde apresentaram as imagens e registram uma queixa contra a suspeita.

Diante dos fatos, a polícia começou o trabalho de busca para encontrar a acusada. Um vizinho do casal relatou que Nadia às vezes falava de um amigo em Marmaris, no sudoeste da Turquia. O pai se dirigiu até lá, e com a ajuda da polícia local, Nadia foi encontrada andando sozinha no bairro de Tepe.

Segundo o pai do bebê, quando a mulher viu seu antigo empregador junto com a polícia, ela começou a chorar. Ela foi presa e encaminhada a delegacia de polícia Sehit Nedip Eker. Conforme relatos das autoridades locais, a mulher se recusou a prestar o seu depoimento sobre o ocorrido. Ainda de acordo com a polícia, a mulher está presa sob custódia e em breve será acusada formalmente na Corte. #Investigação Criminal #Casos de polícia