Não é de agora que muitos religiosos ao redor do mundo tentam praticar milagres iguais ou parecidos aos que Jesus Cristo praticou há mais de 2 mil anos. Foi o que tentou um #pastor evangélico nas águas de um rio. Jonathan Mathewa queria entrar para a história da sociedade humana como o homem que andou sobre as águas de um rio, da mesma forma que fez o filho de Deus.

No entanto, ele só não esperava que seria surpreendido por três “monstros” que o espreitavam debaixo da água. Três grandes crocodilos estavam à espera de Mathewa e partiram para cima do pastor quando ele entrou na água. O ataque ocorreu no Rio Mpumalanga, na língua local, ou Crocodile River (Rio do #crocodilo, em português), na África do Sul.

Publicidade
Publicidade

Jonathan Mathewa era pastor da Igreja dos Santos Últimos Dias.

A notícia viralizou nas redes sociais e foi assunto nos quatro cantos do mundo, pela tragédia e também pelo fato curioso da tentativa frustrada de imitação. “Ele prometeu que nos demonstraria a sua fé hoje, mas acabou se afogando e sendo comido por três crocodilos na nossa frente”, disse um dos fiéis da igreja onde o pastor pregava.

Ele e outras pessoas participavam do culto às margens do rio. O acidente com o religioso foi divulgado pelo site do jornal “Zimbabwe Today”. Como o próprio nome diz, as águas do rio onde aconteceu o ataque são infestadas de crocodilos. A população local tem conhecimento sobre a situação, mas o fato, ao que parece, não amedrontou o pastor Jonathan Mathewa, que queria repetir o milagre, mesmo sabendo dos riscos à própria vida.

Publicidade

Outros fiéis contam que Jonathan passou toda a semana em jejum e também orando muito para que tudo desse certo nessa tentativa de imitação de milagre de Jesus. O acidente deixou todos os fiéis muito surpresos e bastante atônitos. Segundo testemunhas, só restaram as sandálias e pedaços da roupa íntima do pastor.

“Ainda não entendemos como isso aconteceu. Ele jejuou e orou toda a semana. Foi liquidado em uns minutos,” disse outra testemunha, que participou da celebração à beira do rio.

Apesar de a notícia ter se tornado uma polêmica local que se espalhou em todo o mundo, muitos internautas de outros locais do planeta chegaram a duvidar da veracidade da informação e até duvidaram se realmente um pastor evangélico teria coragem de subestimar o perigo, já que todos os moradores das redondezas do rio sabiam que o local é infestado de crocodilos.

O ataque aconteceu ainda no fim de março, mas somente agora foi divulgado pelos veículos de informação locais e internacionais nesta semana. #Religião