Nessa semana, o tabloide britânico 'The Sun' compartilhou um caso que está chamando a atenção de todo o mundo. Em uma matéria publicada nesta segunda-feira, 8, o 'The Sun' informa que um homem foi encontrado tirando as roupas de uma menina de seis anos em um subúrbio da capital do Cazaquistão, Astana. Ele estaria iniciando o que viria a ser o estupro da garota. Homens que trabalhavam na região, ao verem a cena, partiram para cima do pedófilo, que não teve o nome identificado. Eles deram chutes e golpes de todos os tipos. O 'The Sun' ainda compartilhou imagens, que chamou de "perturbadoras", e que evidenciam o homem sendo linchado.

As tais imagens teriam sido feitas pela própria população que batia no homem.

Publicidade
Publicidade

Os trabalhadores ficaram revoltados e partiram para cima do violador. O homem de meia idade apanha muito no conteúdo divulgado pela imprensa. Como as imagens são muito fortes, preferimos não compartilhá-las.

A multidão cercou o suposto pedófilo, deu muitos socos e golpeou-o enquanto ele se encolhia no chão. Os homens que foram filmados atacando o homem, mais tarde, acabaram indo à polícia e contando tudo o que aconteceu. Eles não tiveram o menor medo de serem presos. Os homens ao chegarem à delegacia informaram que encontraram o pedófilo, que teria quarenta e oito anos de idade, despindo uma menina de seis anos e parecia estar prestes a atacá-la sexualmente.

Reações desse tipo já foram vistas no exterior e até aqui no Brasil. No geral, as autoridades pedem que se evite fazer justiça com as próprias mãos, já que isso pode ter consequências terríveis.

Publicidade

É comum, por exemplo, que algumas pessoas sejam mortas e, mais tarde, descubra-se que elas nem eram culpadas daquilo que eram acusadas.

No caso do suposto pedófilo, ele chegou a tentar fugir do grupo de homens. O tabloide inglês 'The Sun' não traz dados de saúde do homem, nem se ele foi preso pelas autoridades. O mesmo não é dito contra os homens que confessaram bater no pedófilo. O estado de saúde da garota também não foi descrito na matéria. #Crime