A professora de francês Jaclyn McLaren, de 36 anos, da província de Tweed, localizada em Ontário no Canadá, coleciona uma extensa lista de acusações envolvendo menores de idade. Jaclyn vem sendo apontada como uma espécie de aliciadora de menores, pois promovia frequentemente encontros abusivos e sexuais com seus alunos

As denúncias e investigações sobre a conduta da professora tiveram início em 2013, quando recebeu um processo judicial da escola em que lecionava. Na época, ela foi acusada de compartilhar fotos sexys com seus alunos, bem como em suas redes sociais, denegrindo a imagem da instituição de ensino.

Encaminhada para delegacia, a professora de francês afirmou que as imagens enviadas aos alunos é resultado de uma série de chantagens feitas pelos menores de idade.

Publicidade
Publicidade

Segundo Jaclyn, certa vez, um de seus alunos mexeu em seu celular e encontrou fotos sensuais, usadas, desde então, para chantageá-la. Durante o interrogatório, a professora disse que sofria ameaças. ''Mandei várias fotos e gravações em vídeo para esse garoto, que tinha 13 anos na época", acrescentou.

Como tudo começou

De acordo com informações divulgadas pelo jornal local, 'Toronto Sun', o primeiro contato físico entre a professora e os alunos ocorreu em 2014, quando convidou dois de seus alunos menores de idade para dar uma volta de carro. A professora, que residia na cidade canadense de Tweed, teria então estacionado o veículo próximo a uma trilha localizada em uma área deserta e, ali, teria embriagado e praticado atos sexuais com os garotos, que na época tinham 13 e 14 anos.

A terceira vítima do abuso da professora teria sido um aluno de 15 anos, com quem a educadora teria mantido relações sexuais em sua própria casa, na ausência de seu marido.

Publicidade

A quarta vítima foi um aluno de 13 anos, visto em fotos e vídeos íntimos compartilhados nas redes sociais Facebook e Snapchat.

A última aliciação da professora aconteceu em 2016, quando foi flagrada com um garoto de 16 anos. De acordo com investigações, a professora teria abusado de cerca de 10 adolescentes.

Interrogados, os garotos confirmaram o recebimento constante de imagens íntimas da professora, bem como uma série de convites para encontros sexuais.

Condenada a cumprir quatro anos de reclusão, sendo dois deles em regime fechado, a professora está terminantemente proibida de se aproximar de qualquer pessoa com idade inferior a 18 anos e lecionar em colégios para menores de 16 anos. Demitida da escola onde aliciou e seduziu os alunos, Jaclyn foi deixada pelo esposo e deve seguir em tratamento psicológico. #professora abusa de alunos #professora alicia alunos #professora abusa de menores de idade