Um homem e duas mulheres foram presos depois de serem flagrados mantendo relações sexuais em local público e em plena luz do dia. Curiosa foi a forma como o xerife descreveu o caso, dizendo que o trio estava fazendo sexo "na frente de Deus e de todos".

O xerife do condado de Hancock, no Mississipi (Estados Unidos), Ricky Adam, contou que eles foram flagrados tendo relações sexuais na cobertura do restaurante Triple D's pelo proprietário, na quarta-feira (25). O restaurante fica às margens do Rio do Mississipi, e o #trio parecia pouco ter se importado com a presença de várias outras pessoas.

Depois de denunciados pelo proprietário do restaurante, eles foram presos e identificados pela polícia local.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o xerife, os detidos são Amy Hammers, de 19 anos, de Pearl River, Louisiana; Tiffany Thibodeaux, de 26 anos, de Biloxi, Mississipi; e Brandon Mabery, de 30 anos, de Kennedale, no Texas.

O dono do restaurante desconhece como eles entraram no prédio, até porque o restaurante estava fechado na quarta-feira. O proprietário suspeita que eles possam ter entrado na noite de terça-feira, a última vez que o restaurante esteve aberto, e se escondido até o estabelecimento fechar.

Em declarações para o jornal New York Post, Don Bass contou que nenhum dos três detidos trabalhava no restaurante e que nem os conhecia. Ele acredita que isso deveria ser alguma espécie de fetiche que o trio teria. "Eu acho que é meio cênico, é meio romântico fazer perto da água, mas não há uma razão aqui", contou o dono do espaço, que flagrou a cena.

Publicidade

Ele desconhece, no entanto, quanto tempo eles teriam ficado ali.

Bass disse ainda que não consegue se esquecer dos "olhares atordoados" quando eles viram os oficiais da polícia chegando, pouco depois de ele os ter chamado. Brandon e as duas mulheres, Amy e Tiffany, foram levados pela polícia, acusados por "delitos menores de exposição indecente".

Pouco depois, eles foram liberados e se desconhece ainda a sua situação. Eles deverão retornar brevemente ao tribunal, quando poderão receber alguma sanção por esse delito. Não está ainda claro se eles contrataram ou não um advogado para enfrentarem a #Justiça.

"Eu odeio ter que dizer a mamãe e papai que eu fui preso por isso", teria dito um dos detidos em declarações citadas pelo jornal New York Post. Entretanto, eles já se encontram em liberdade e terão ainda muito por explicar.

As razões para terem escolhido esse local o trio manteve em segredo, mas certamente ele terá que contar como entrou no local e quanto tempo ficou até serem encontrados pelo dono do restaurante. "Bem ali. No meio do dia. Em plena luz do dia. diante de Deus e de todos", foram as palavras de Ricky Adam, o xerife que liderou a prisão, chocado com a indecência do trio atrevido. #sexo