O que leva um ser humano a tentar provar que pode lutar com um tubarão e sair ileso? Josh Neille, o corajoso que topou o desafio não dá a resposta, mas oferece um exemplo de que brincar com o rei dos mares não é nada inteligente.

Um vídeo que mostra a aventura que quase rendeu uma tragédia está repercutindo em alguns jornais internacionais. Nele Neille tenta lidar com o tubarão como se fosse um cowboy. A proposta era laça-lo com uma corda.

Os planos não deram muito certo e Neille acabou sendo hospitalizado com um ferimento considerável na perna e uma infecção para tentar evitar. Ainda assim ele fez graça com o episódio, dizendo que até teve sorte de não perder seu “pepino de mar”.

Publicidade
Publicidade

Neille é australiano e fez a aventura de tentar laçar um tubarão de quase três metros de comprimento nas águas de seu país, que além de tubarões estava cheia de crocodilos.

Pelas imagens Josh pula na água de um barco e já parte para a tentativa de pegar o tubarão pela cauda.

Ele luta para manter as mãos no controle, mas o ágil tubarão se debate e desliza livremente antes de virar para trás abocanhar sua coxa, tirando literalmente um pedaço dela.

Amigos que acompanhavam a tentativa bizarra de imobilizar o bicho riram da cena e encorajaram o candidato a cowboy do mar: “coloque a corda nele”, gritaram. Mas, logo depois, perceberam que algo ruim tinha acontecido quando Neille gritou de dor.

“Ele me mordeu!”, exclamou, já tentando sair da água e subindo de volta para o barco. Ele aperta sua coxa e percebe que o desafio havia sido perdido.

Publicidade

O caso aconteceu nas águas próximas à cidade de Weipa, uma remota região do extremo norte tropical de Queensland.

Neille depois contou para a imprensa que só queria provar que pode imobilizar um tubarão. “Após uma luta de uns 15 segundos me vi preso pelas mandíbulas de um dos tubarões”, explicou, dizendo que está aliviado pelo bicho ter mirado sua coxa ao invés de seu “pepino do mar”.

Mas o tubarão também não ficou impune. Mesmo machucado, Neille fez questão de que capturassem o bicho para depois pousar em uma foto com o seu agressor.

Em outras fotos o aventureiro que invadiu o espaço dos tubarões também pode ser visto com a grande mordida na coxa direita e sangue para todo o lado.

Como reconhecimento pela derrota, ele disse “isso foi infeliz, não era para tido esse final. Agradeço à equipe do Hospital Weipa, que foi muito útil”.

Neille parece gostar de passar momentos apavorantes na natureza selvagem. Há outros vídeos seus em que ele captura outros animais perigosos como, por exemplo, uma cobra preta com a barriga vermelha.

#Acidente #Mundo