Uma espanhola acabou virando notícia em todo o mundo por uma condição bizarra. Moradora da cidade de Madrid, Carla Jimenez acabou se tornando notícia em todo o planeta. O motivo é que ela se fingia de cega por uma razão bem bizarra. Carla não gostava muito de falar com as pessoas. Ela não se socializava muito. Cumprimentar algumas pessoas era uma verdadeira tortura.

Por isso, ela ficou com esse fingimento durou incríveis 28 anos. A história de Carla acabou sendo contada nesta sexta-feira (2) pelo portal de notícias R7, da RecordTV. Aos 57 anos, ela decidiu contar toda a verdade, deixando sua família completamente chocada com as informações.

Publicidade
Publicidade

Mulher finge cegueira para não cumprimentar ninguém

A mulher começou a saga da mentira aos 29 anos de idade. Agora, ela revela porque fez isso. Naquele tempo, Carla não aguentava mais ter que dar olá para todo mundo. Ela fingiu, então, uma infecção muito grave no olho.

A mentira acabou se acumulando com o passar do tempo e ninguém estava interessado em saber a verdade. Até mesmo o marido da espanhola não sabia da farsa, mas desconfiava. Isso porque, quando eles estavam vendo televisão, ela sempre dava um jeitinho de olhar para o lado.

A história da espanhola foi contada inicialmente pelo site Haynoticia e, rapidamente, acabou sendo compartilhada para todo o mundo. O marido ainda revela que sua esposa conseguia se maquiar muito bem e nunca saía feia. Para muita gente, tal hábito seria apenas uma superação dela.

Publicidade

Processo por mentir para conseguir dinheiro do governo

Até que Carla cansou e decidiu contar tudo para os seus entes queridos. Ela revelou que não queria mais falar o tempo todo com as pessoas nas ruas, além de estar em compromissos sociais.

''Eu nunca fui uma pessoa muito social e me fazendo de cega pude me livrar de um bocado de compromissos sociais aos quais eu não gostaria de ir'', revelou a mulher ao site de notícias que veiculou o caso. Agora ela vai ter que responder judicialmente sobre o caso.

Isso porque essa mentirosa não contou lorotas apenas para a sua família, mas também para o governo da Espanha. Ela recebia todos os meses uma ajuda importante dos governantes. Esse benefício fazia com que ela tivesse um dinheiro em sua conta bancária todos os meses. O governo espanhol também não gostou nada de saber que era enganado.

Algumas pessoas desconfiam que a notícia sobre a mulher possa não ser verdade, mas é bom lembrar que aqui mesmo no Brasil já fomos enganados. A Grávida de Taubaté, por exemplo, é um caso clássico disso. #CarlaJimenez #Antissocial #Curiosidades