Infelizmente, todos os dias abusos sexuais acontecem no Brasil e no mundo. Algumas autoridades pensam em como frear esse tipo de ação, mas, infelizmente, até hoje não existe uma medida que funcione 100% das vezes. Aqui em nosso país, o governo federal tem o Disque 100, no qual pessoas podem ligar gratuitamente e realizar uma denúncia de um ato que esteja acontecendo. Nomes como Xuxa sempre defenderam punições contra abusadores, além do fato de que as crianças precisam de todo o cuidado efetivamente. No entanto, uma outra comunicadora está dando o que falar na Inglaterra. A apresentadora Julie Wadsworth foi acusada e condenada pelo abuso sexual envolvendo sete menores de idade.

Publicidade
Publicidade

Além dela, o seu marido, Tony Wadsworth também foi condenado. Os dois eram apresentadores de rádio da BBC, no Reino Unido.

Meninos eram encorajados a terem relações sexuais em floresta

O casal foi julgado nessa semana em um tribunal de Warwick Crown. Eles teriam aliciado menores, na década de 1990, a terem relações sexuais em uma floresta da região. Por conta do #Crime, eles foram condenados a cinco anos de detenção. Os apresentadores presos trabalharam por anos na rádio BBC. Segundo sites internacionais, os dois diziam para os meninos que estavam olhando para ver se alguém iria aparecer e, logo, em seguida, as crianças tinham relação entre si. O casal gostava de ver a cena e incentivava tudo. No entanto, tal segredo sórdido acabou sendo revelado às autoridades. Pelo menos sete meninos teriam participado das ações criminosas.

Publicidade

Muita gente ficou chocada quando soube de tudo, já que o casal não aparentava ter absolutamente nada de estranho.

Marido de apresentadora também se deu mal

No tribunal, o casal decidiu confessar que adorava ver os jovens realizando atividades sexuais próximo a um parque florestal da região. Eles ainda falaram que os meninos gostavam do que, para eles, não passaria de uma simples brincadeira. Os jurados não acreditaram na afirmação do casal e condenaram ambas as ofensas sexuais contra crianças por um veredicto maioritário. Durante o julgamento, Julie chegou a chorar e enxugar suas lágrimas em um pano preto, mas parece que nem isso tirou a sensibilidade do júri. Entre os detalhes expostos, está o de que o casal olhava para ver se não estava chegando ninguém, enquanto os atos eram cometidos. As crianças teriam ficado traumatizadas pelos abusos.

Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo.