Atriz, cantora, amada por milhares de fãs nos sete continentes, #Ariana Grande ganhou o respeito e a admiração do mundo no último domingo, 4 de Junho. Dias após a explosão de uma bomba em um de seus shows em Manchester, Ariana mostrou que tem o coração digno de seu sobrenome. A cantora organizou um #show beneficente para arrecadar fundo ás vítima do atentado. O evento, batizado de One Love Manchester contou com a presença de Justin Bieber, Katy Perry, Coldplay, Miley Cyrus, Liam Gallagher, Marcus Mumford, Take That, Pharrell William, Niall Horan, Little Mix, Black Eyed Peas, Imogen Heap, Mac Miller e atraiu uma multidão de 50 mil pessoas ao estádio de Old Trafford, na grande Manchester.

Publicidade
Publicidade

A própria Ariana apresentou algumas de suas músicas de maior sucesso, entre elas, One Last Time que emocionou a plateia, e emocionou a própria cantora ao contar com a participação de todos os artistas convidados.

Ariana também revelou que assim que chegou a Manchester novamente, visitou fãs que estavam internados e conheceu a mãe de Olivia Campbell, uma jovem de apenas 15 anos que acabou falecendo no atentado durante o show do dia 22.

"Assim que a conheci, eu comecei a chorar, e dei um grande abraço nela. Ela disse que eu deveria parar, porque Olivia não gostaria de me ver chorando. – Ariana sobre o encontro com mãe de fã.

Ariana revelou ter perguntado a mãe da menina o que ela deveria cantar e a própria afirmou que sua filha gostaria de ouvir os hits da cantora.

Após isso, Ariana contou ao público que mudou o repertório musical que faria no show para incluir a música Side to Side em homenagem á Olivia.

Publicidade

Durante seu discurso, a cantora também afirmou que o amor e a união eram o remédio que o mundo precisava.

O One Love Manchester durou cerca de três horas, e nesse tempo já havia conseguido arrecadar U$2,6 milhões, mas ao final da campanha o total era de U$12,9 Milhões. O objetivo inicial era conseguir obter um valor de U$2 milhões.

Um dos pontos altos do show foi o cover de Somewhere Over The Rainbow que arrancou lágrimas de todos os presentes. Era visível a emoção da própria cantora com a música.

Uma artista completa

Ariana se mostrou ser uma artista completa, não apenas por sua voz de dar inveja a qualquer cantora, mas também por conseguir usar sua influencia em algo tão bonito e raro de acontecer nos dias de hoje. A jovem de apenas 23 anos mostrou que tem um coração do tamanho de seu talento e que sim é possível unir as pessoas em prol de um sentimento tão puro como a compaixão e o amor ao próximo.