Shaun Murphy, de 38 anos, morreu em circunstâncias trágicas e que carecem de uma forte investigação. As autoridades britânicas garantem vão fazer tudo para encontrarem os responsáveis por essa vida que se perdeu, mas no momento é a #namorada que vai emocionando a todos, com o seu testemunho.

Kelly Fielding, de 30 anos, estava com Shaun no momento de sua morte e foi a ela quem ele disse suas palavras finais, antes de morrer. "Eu te amo", disse Shaun, com um leve sorriso, na mais triste das despedidas.

O casal estava no seu carro, nas primeiras horas da manhã, do último sábado (17), quando foram abordados por um desconhecido, em Wythenshawe, bairro de #Manchester, na Inglaterra De acordo com as declarações de Kelly, ele estava dirigindo e ela viajava do seu lado, quando um assaltante se aproximou do carro e o esfaqueou fatalmente pela janela.

Publicidade
Publicidade

Após o violento ataque, Kelly ainda retirou o namorado do carro e tentou socorrê-lo. "Ele estava perdendo muito sangue", contou a jovem, em declarações citadas pelo jornal Daily Mail. Apesar da gravidade do ferimento, ela tentou reanimá-lo e mantê-lo acordado até que a ajuda médica chegasse.

Infelizmente, ele não resistiria por muito mais tempo. Kelly contou como foi falando com ele e que pediu para que não desistisse. Foi um momento de pânico, mas no meio de toda a situação pavorosa, Shaun teria encontrado um pouco de paz e sorriu para ela, antes de falar um "eu te amo". Logo de seguida, ele desmaiou e caiu nos braços da namorada, deixando-a em lágrimas.

Os paramédicos chegaram pouco depois, tentaram a reanimação e ainda o levaram para o hospital, onde sua morte seria declarada oficialmente.

Publicidade

Kelly tentou homenagear seu namorado, que ela considerava como "o homem perfeito". Para ela, Shaun era trabalhador, determinado, gentil e bondoso.

Kelly contou como ele trabalhava muito só para poder dar para seu filho uma vida melhor do que foi a sua. A polícia prendeu um homem de 23 anos e é ele o principal suspeito pelo assassinato. Ele vai permanecer sob custódia para interrogatório, mas a detetive Jane Higham, da polícia de Manchester, garantiu que tem "uma grande equipe investigando o assassinato de Shaun".

Foi a sua equipe que deteve esse suspeito, mas a investigação está longe de estar concluída. "Esta investigação ainda está em sua fase inicial e nós estamos seguindo uma série de linhas de investigação", contou Jane Higham, que pediu ainda ajuda a quem tivesse qualquer informação sobre esse #Crime. Shaun Murphy deixa a namorada despedaçada e um filho, depois de ser vítima de um assalto muito violento.