Uma #Mulher de 79 anos de idade surpreendeu, mas não pelos melhores motivos. A vovó, da Virgínia ocidental, nos Estados Unidos, está sendo acusada de ter disparado contra o #namorado, depois de ter bebido demais. Alegadamente, Betty Jean Pardue atacou o seu namorado de 69 anos, Thomas Epperly. O homem está no hospital, com ferimentos graves, depois de ter sido atingido em seu peito por uma arma de fogo.

É mais um #Crime provocado por armas de fogo nos EUA. Dessa vez, a criminosa seria a pessoa menos suspeita devido à sua idade. Aos 79 anos, Betty Jean é uma das mais velhas criminosas do país. De acordo com o jornal Herald Dispatch, o álcool poderia ter contribuído como fator decisivo para o acontecimento.

Publicidade
Publicidade

Ao que tudo indica, o casal de namorados estava discutindo, quando Betty Jean perdeu a cabeça, pegou em uma arma e atirou contra Thomas.

"O álcool provavelmente contribuiu para uma disputa, às 16h40, na seção Beverly Hills, de Huntington, a poucos quilômetros da fronteira com o Kentucky", disse o chefe da polícia de Huntington, Joe Ciccarelli, ao jornal Herald Dispatch. O policial confirmou a existência de armas na cena do crime, revelando que "pelo menos uma arma foi encontrada". Seria essa a arma que Betty teria usado para atirar no namorado.

O policial contou que esse incidente é incomum na cidade, mas que se compreende pela presença de álcool em excesso durante a troca de argumentos. Aliás, é sempre essa a explicação dada para esse crime. "Isso é incomum, mas sempre que você tem armas de fogo em casa, misturadas com álcool, em uma situação doméstica, é assim que pode acabar independentemente da idade", disse o policial Joe Ciccarelli.

Publicidade

Ao contrário do policial, os vizinhos ficaram chocados com esse incidente, possivelmente por não estarem imaginando que uma situação como essa pudesse acontecer com essa mulher. Os vizinhos se alinharam do outro lado da rua, manifestando o seu "estado de choque" perante a prisão de Pardue, de acordo com o Herald Dispatch. Um vizinho descreveu o casal como "silencioso e amigável". No entanto, não foi revelado muito sobre esses idosos. De acordo com o jornal The New Yotk Post, eles não eram casados, mas se desconhece há quanto tempo eles estariam namorando e se a casa, onde o crime aconteceu, era do casal ou somente de Betty Jean.

Thomas Epperly foi hospitalizado com lesões graves e Betty Jean Pardue foi detida. A fiança cobrada é de quase 40 mil reais.