Um homem morreu depois de ignorar o conselho dado as pessoas com novas tatuagens para esperar duas semanas antes de ir nadar. O homem de 31 anos de idade, que não teve o nome divulgado, sofreu choque séptico e celulite, uma infecção das camadas mais profundas da pele e do tecido subjacente, depois de nadar no mar no Golfo do México.

Os conselhos de especialistas normalmente fornecidos a pessoas com novas tatuagens têm que esperar pelo menos 15 dias antes de mergulhar em piscinas ou água do mar. Mas o homem supostamente nadou no mar apenas cinco dias depois de ter uma cruz tatuada em sua panturrilha direita, resultando em infecção e choque séptico, que levou a sua #Morte.

Publicidade
Publicidade

Sua nova ferida foi infectada com bactérias carnívoras e ele desenvolveu febre e erupção cutânea séria em torno da nova tatuagem. Quando sua condição se deteriorou dois dias depois, ele foi levado para o hospital, onde os médicos viram manchas em sua perna virar uma ferida de cor púrpura. Os médicos imediatamente suspeitaram da infecção por Vibrio vulnificus, uma bactéria que vive ambientes marinhos e atacou inicialmente o fígado do paciente e depois se espalhou rapidamente pelo corpo.

Considera-se que seus hábitos de consumo enfraquecem o fígado, fazendo com que ele seja mais vulnerável as infecções devido a uma diminuição do número de glóbulos brancos que ajudam a combater as bactérias. Os relatórios dizem que os órgãos do homem começaram a falhar em 24 horas e ele foi colocado em uma máquina de suporte de vida.

Publicidade

Ele permaneceu estável por algumas semanas antes de sofrer choque séptico e seus rins pararem de funcionar. Infelizmente, o homem morreu dois meses após a entrada no hospital.

Uma reportagem publicada no British Medical Journal que disse que "apesar do tratamento inicial agressivo, o paciente desenvolveu choque séptico e morreu. Este caso destaca a associação de doença hepática crônica e alta mortalidade associada a infecções de V. vulnificus. Os prestadores de saúde devem permanecer vigilantes para infecções por V. vulnificus em pacientes com doença hepática crônica e ingestão de ostra crua ou exposição à água do mar".

O choque séptico é uma infecção generalizada fatal que causa ainda a queda da pressão arterial para um nível perigosamente baixo. Isso reduz a quantidade de sangue e oxigênio que atinge os órgãos do corpo, impedindo-os de funcionar adequadamente.

O choque séptico pode ocorrer como uma complicação da sepse, uma condição grave que ocorre quando a reação do corpo a uma infecção prejudica seus próprios tecidos e órgãos. #Bizarro #Doenças