O fogo que envolveu a torre Grenfell de 27 andares no centro de #londres nesta quarta-feira (14), matou algumas pessoas e feriu pelo menos mais 50. Os mortos estavam presos enquanto dormiam dentro dos seus apartamentos. "Estou muito triste em confirmar que houve uma série de fatalidades, não posso confirmar o número neste momento devido ao tamanho e complexidade deste edifício. Nos meus 29 anos como bombeiro, nunca vi nada dessa escala", disse o Comissário da Brigada de Incêndios de Londres, Dany Cotton.

As chamas lamberam os lados do quarteirão na área do norte de Kensington, enquanto 200 bombeiros, lutaram contra o #Incêndio por horas.

Publicidade
Publicidade

Plumas de fumaça negra e cinza tomaram conta do ar durante horas na capital britânica depois que o incêndio explodiu na Torre Grenfell, onde viviam centenas de pessoas. Os residentes se apressaram para escapar através de corredores cheios de fumaça no bloco de moradias depois de serem despertados pelo cheiro de fumaça. Alguns sobreviventes informação que os alarmes de incêncio não chegaram a tocar.

"Havia pessoas apenas atirando seus filhos dizendo. Salvem meus filhos. Dentro de 15 minutos, tudo estava em chamas e ainda havia gente em suas janelas gritando. Ajude-me. Você podia ver o fogo entrar em suas casas e engolfar a última sala em que estavam”, disse uma testemunha identifica como Tamara à BBC. Outras testemunhas disseram que viram várias pessoas pulando pela janela de todos os andares para escapar do fogo.

Publicidade

A brigada de bombeiros de Londres disse que o incêndio envolveu todos os pisos do segundo ao topo do quarteirão, que continha 130 apartamentos.

De acordo com meios de comunicação, a Grenfell Tower foi construída em 1974 pelo Kensington e Chelsea Borough Council. Faz parte do Lancaster West Estate, um complexo de habitação social do centro da cidade, perto de cerca de mil casas. Grenfell Tower sofreu uma remodelação de dois anos e foram gastos 10 milhões de euros como parte de uma transformação mais ampla da propriedade, que foi concluída no ano passado.

O trabalho incluiu novos revestimentos de exterior e um sistema de aquecimento comum. A torre de 24 andares, que contém 120 apartamentos, é administrada pela Kensington e Chelsea Tenant Management Organization (KCTMO) em nome do conselho. O grupo local de ação Grenfell alegou, antes e durante a remodelação, que o bloco constituía um risco de incêndio e os residentes alertaram que o acesso para os veículos de emergência estava "severamente restringido". #Morte