Um #Pai diz que seu filho ficou perturbado e cortou seu próprio órgão genital, após consumir cannabis. O homem fez esta polêmica revelação para alertar sobre os perigos das #drogas e de como as pessoas podem ficar transtornadas, depois de se tornarem viciadas. O homem não foi identificado e disse à BBC que seu filho "se tornou paranóico" e sofreu episódios psicóticos depois de fumar essa droga ilegal, nos Estados Unidos da América.

O homem ficou chocado quando percebeu o que seu filho havia feito, se mutilando. Foi esse o momento em que esse pai teve a certeza de que era preciso fazer alguma coisa, para mudar a vida do filho.

Publicidade
Publicidade

O pai entendeu que o flho caminhava para um abismo e estava demasiado perturbado, por culpa das drogas, que ele já nem fazia nada com sentido. Quando ele se mutilou, o pai sentiu que estava perdendo seu filho.

"Ele mudou de um garoto brilhante brilhante para... Eu só posso descrevê-lo como um desperdício de espaço e eu tive essa conversa com ele e ele entendeu isso", disse o pai à BBC Radio 5 Live, que já nem sabia como descrever o próprio filho.

Este pai foi percebendo que o filho estava mundando, com pequenos episódios que mostravam seu comportamento alterado: "Ele se tornou delirante, costumava dormir com uma raquete de tênis na cama porque achava que as pessoas estavam morando nas paredes. Lembro-me de uma instância que ele estava nos contando tudo sobre o fato de que as sereias existirem e foi tudo uma trágica viagem até o abismo".

Publicidade

A anfitriã da BBC, Emma Barnett, perguntou sobre esse último episódio psicótico, em que o jovem cortou seu próprio pênis. O pai sentiu difiuldades para segurar as lágrimas e para encontrar palavras certas para explicar o que aconteceu, dizendo que foi "devastador".

"Foi absolutamente devastador, você não pode imaginar nada dessa natureza acontecendo. Todo o episódio era apenas surreal na verdade, era quase como se estivesse espiando por uma janela e isso acontecesse com outra pessoa", revelou este pai, que não consegue entender como uma pessoa pode fazer uma coisa dessas a ela própria. Para ele, a droga é a única culpada por esse transtorno que o filho viveu, que o levou a esse comportamente chocante.

Agora, este pai fica feliz em revelar que o filho está se recuperando bem fisicamente, mas tem ainda "mais operações" para fazer. No plano mental, ele está "em boa forma", tendo desistido de drogas e álcool, disse ele. "Ele realmente não tem memória real de nada do que aconteceu. Talvez seja melhor assim", revelou o pai, em declarações ciadas pelo jornal The New York Post.

O homem não se identificou, mas quer compartilhar a história de seu filho, para que todas as pessoas entendam o que a maconha pode fazer com as pessoas.