Um dos maiores pesadelos de qualquer casal é a traição, que pode ser motivada por diversas razões, e, quando há esse tipo de suspeita, as consequências podem ser, literalmente, imprevisíveis. É de senso comum que a morte pode ser o descanso eterno, e que mesmo em casos extremos, como em uma suposta traição, o falecimento de um dos envolvidos encerraria de vez a desconfiança e também o caso.

Entretanto, não foi o que aconteceu com um casal, nos Estados Unidos. Supostamente traída por seu marido, Shaynna Laura Sims aguardou pacientemente a morte da concorrente para executar um plano minucioso e bizarro de vingança. Ela se fez passar por uma maquiadora, especializada na preparação dos cadáveres antes do funeral, e vandalizou o corpo de Thabata Linch, falecida devido a causas naturais.

Publicidade
Publicidade

Dentre as retaliações realizadas por Shaynna pelo suposto envolvimento de Thabata com seu marido, estão a mutilação dos seios, o corte dos cabelos, vários cortes no rosto e até mesmo cortar um dos dedos da falecida. Não satisfeita, ela ainda pintou o rosto do cadáver com batom e roubou os seus sapatos.

Agressora foi presa e ainda perdeu o marido

Depois de executar sua vingança pessoal, ainda não satisfeita, Shaynna foi até a casa da família da morta, e usando a mesma desculpa, disse aos familiares que precisava de joias e pertences pessoais para terminar a preparação do cadáver para o enterro. Desconfiados, os parentes acionaram a polícia que, nesse meio tempo, já estava investigando o vandalismo com o corpo. Ela, naturalmente, já era uma das principais suspeitas, pois mesmo quando a falecida ainda estava viva, sempre deixou bem claro sua desconfiança sobre a possível traição.

Publicidade

Ela acabou sendo presa, já que a polícia encontrou diversos vestígios de que ela era mesma a autora dos atos contra o cadáver, já que ainda estava de posse de um estilete, do batom usado na ação e também estava com mechas de cabelo da falecida. A família da vítima afirmou que ela e o marido de Shaynna eram apenas amigos, e que essa amizade durava desde a infância deles.

Além de presa, a agressora ficou sabendo, ainda na delegacia, que o marido entrara com o pedido de divórcio em função de todo o ocorrido, e ela agora terá bastante tempo para pensar em seus atos, atrás das grades. O episódio chamou a atenção da imprensa local e mundial, e também teve imediata repercussão nas redes sociais, como um caso típico e extremo de ciúme doentio, que ultrapassa os limites inclusive da morte. #2017