Os relacionamentos abusivos existem em todos os lugares do mundo. Em alguns países, esse tipo de relacionamento, onde uma das pessoas do casal, geralmente a mulher, é abusada de todas as formas possíveis, psicológica e fisicamente, tirado o seu direito de falar e de agir.

Um caso que ganhou grande repercussão na Itália no início deste ano foi o da #modelo Gessica Notaro, de 28 anos. Ela namorava com Edison Tavares, que era um ano mais velho do que ela.

O relacionamento durou quase dois anos, com os dois chegando até a morar juntos por alguns meses. Eles tinham se conhecido um ano antes em seus ambientes de trabalho, já que ambos trabalhavam em um aquário de um zoológico cuidando de focas e leões marinhos.

Publicidade
Publicidade

Porém em maio de 2016, Gessica encerrou o relacionamento de maneira abrupta com Edison. Ela nunca revelou o motivo, mas acredita-se que ele já não era mais o mesmo depois que eles começaram a morar junto.

Após o fim do relacionamento, ele disse que se vingaria. Ela, por sua vez, fez o correto, denunciou o ex-namorado à polícia. Mas isso acabou não impedindo o fato que acabou ocorrendo no início do ano seguinte.

Como se pode ver nas fotos, Gessica era uma mulher muito bonita, tendo chegado a ser Miss Romagna e depois Miss Itália no ano de 2007. Ela dividia a sua vida entre desfile nas passarelas, sessões de fotos e seu trabalho no aquário do zoológico.

Mas o pior aconteceu no final de janeiro de 2017. Gessica saiu de um restaurante à noite com o seu novo namorado, o acompanhou até a sua casa e depois seguiu de carro para a casa dela.

Publicidade

Ao sair do carro, percebeu que seu ex-namorado estava bem próximo a ela, todo vestido de preto e com aparência descontrolado.

Ele jogou um líquido que carregava em um frasco em uma das mãos. A dor foi instantânea, Gessica sentia seu rosto queimar e sua visão embaçar. Apesar dos gritos, ninguém veio ao seu socorro.

Então, ela se dirigiu ao interior de sua casa, onde sua mãe estava. Ao ver o estado do rosto da filha, ela ligou para emergência. Gessica foi tratada por um dos mais conceituados médicos da Itália.

Após o ataque, o ex-namorado negou as acusações, mas acabou sendo preso quando a polícia encontrou em sua casa embalagens com o mesmo ácido que atingiu o rosto da modelo. Meses depois, ela resolveu aparecer em um programa de TV que era exibido para toda a Itália. Gessica estava com o rosto todo coberto por um pano, mas tirou para mostrar o que seu ex-namorado abusivo fez com seu rosto.

O rosto dela ficou totalmente deformado e ela perdeu quase que completamente a visão de um dos olhos que estava tapado.

Publicidade

Mesmo assim, Gessica diz que não sente raiva do ex-namorado pelo que fez, mesmo ele tendo arruinado sua vida, pois ela nunca mais vai conseguir um trabalho como modelo, nem poderá voltar a trabalhar no aquário, pois o cloro na água não pode entrar em contato com o seu rosto.

Se você está em um #Relacionamento Abusivo, denuncie seu companheiro à polícia e peça ajuda a parentes e amigos. Gessica teve o rosto desfigurado por um ex-namorado abusivo, mas se tivesse continuado no relacionamento, poderia ter perdido a vida.

#ácido