Uma #Professora de matemática, de 25 anos, foi detida e acusada de ter relações sexuais com três alunos. Erin McAuliffe foi presa, depois de ter sido denunciada por outros colegas e por estudantes. A investigação demorou aproximadamente um mês, até que a polícia conseguiu provar o comportamento inapropriado da professora. Entretanto, Erin já foi despedida da #Escola preparatória de Rocky Mount, na Carolina do Norte, e vai agora aguardar por julgamento.

Denúncia partiu da Escola

Foram alguns colegas, também professores, que acusaram Erin. Depois, a polícia fez uma sondagem com entrevistas durante um mês, e conseguiu reunir as provas para deter a professora.

Publicidade
Publicidade

A investigação foi lançada depois que a equipe de administração da escola informou aos policiais sobre a má conduta da professora de matemática.

Professores e alguns estudantes contaram detalhes nestas entrevistas que foram decisivos para a prisão. Erin estava trabalhando nessa escola desde agosto do ano passado, mas foi demitida por seu comportamento indecente com os três alunos, ainda menores de idade.

Envolvimento aconteceu fora da Escola

A professora foi acusada de se ter relacionado, de forma mais íntima, com três alunos. Os adolescentes eram menores de idade, e têm as identidades protegidas legalmente, durante o processo. De acordo com o jornal The Sun, um do jovens tem 16 anos e os outros dois têm 17 anos. A polícia confirmou que todos os atos sexuais entre eles aconteceram fora da escola.

Erin McAuliffe foi detida com três acusações de atividade sexual com estudantes e uma por indecência com um menor.

Publicidade

A professora está sendo mantida na prisão do condado de Carteret, depois que foi levada sob custódia na quinta-feira (8). O julgamento deve se iniciar durante esta semana.

Direção da Escola ajuda na investigação

Essa foi a primeira vez que Erin McAuliffe trabalhou como professora em tempo integral, de acordo com seu perfil do Linkedin. Apesar de sua inexperiência dando aulas, os chefes puderam notar a sua disponibilidade e flexibilidade para trabalhar até mais tarde, quando se oferecia para ficar até mais tarde, ajudando alunos com mais dificuldades. Ela ficava após o horário das aulas.

McAuliffe também trabalhou para "desenvolver atividades alternativas de enriquecimento e modificações em programas de estudantes. para aumentar a compreensão dos alunos", de acordo com o comunicado da escola.

Os seus chefes disseram: "nós fomos plenamente cooperativos com a aplicação da lei, durante o tratamento deste assunto".

#Relações intimas