Depois do filho de Laura Haigh, 39 anos, e Dean Evans, 42, moradores de Plymouth (Inglaterra), tentar fugir do berço, o casal resolveu instalar uma babá eletrônica no quarto da criança de 18 meses, para vigiar seus passos.

Contudo, eles tiveram uma horripilante surpresa ao observarem um suposto ‘bebê fantasma’ dormindo perto do filho Sebastian. Em depoimento ao jornal britânico Daily Mirror, edição de sexta-feira (23), Laura confidenciou ter visto o alegado espírito mexer nos móveis do quarto da criança – veja a manchete.

Assustado com a estranha visão, o pai do menino, construtor de barcos, foi ao quarto do filho, no segundo andar da residência.

Publicidade
Publicidade

Lá, o encontrou dormindo tranquilamente, sozinho, apesar da mãe continuar a ver o alegado fantasma pelo monitor.

“Ele [pai] estava um pouco irritado que não havia nada lá, mas ainda estava aparecendo no monitor. Ele estava um pouco assustado, como ele não acredita nesse tipo de coisa, ele simplesmente não pôde explicar isso”, comenta Laura.

Embora a aparição de um fantasma no quarto do filho, durante a madrugada, pareça um cenário assustador à maioria das pessoas, Laura demonstra tranquilidade com relação ao fenômeno.

Para ela, o ‘gasparzinho’ não representa ameaça a Sebastian. Conforme a mulher, se a entidade fosse agressiva, o menino teria acordado ou ficado assustado.

Publicidade

No entanto, ele sempre dormiu profundamente, sem se importar com a inusitada ‘companhia’

A britânica ainda avalia que Sebastian é capaz de enxergar a assombração, ao salientar ter notado ele acenar para “coisas invisíveis” na sala da residência – confira o vídeo abaixo.

Atividades frequentes

Além dos eventos paranormais relacionados ao menor, o casal confidencia presenciar outras situações sobrenaturais. Conforme a inglesa, barulhos estranhos e fotos na parede viradas de cabeça para baixo, são acontecimentos frequentes na residência.

Outras emblemáticas situações também foram observadas na casa. “Às vezes, ouvimos crianças correndo quando não há ninguém no andar de cima, ou mesmo quando as crianças não estão nem mesmo na casa”, conta.

Todavia, a mulher, que parece estar habituada a conviver com forças invisíveis, também acentua ouvir pessoas chamando seu nome. “Eu ouvi as pessoas gritar meu nome, mas quando eu [fui conferir], ninguém disse nada”, declara.

Ao que parece, ou a casa está infestada de fantasmas, ou a mulher sofre de sérios transtornos mentais. #Inglaterra #Curiosidades #Viral