Publicidade
Publicidade

Em Minnesota, no Estados Unidos da América, uma mulher foi acusada de cometer homicídio porque ela atirou no seu namorado quando estava fazendo uma "brincadeira" para o seu canal no YouTube [VIDEO]. A jovem Monalisa Perez, de 19 anos, foi detida pela polícia depois da ação. O nome do rapaz é Pedro Ruiz e ele foi morto quando estava segurando um livro sobre o seu peito. Os jovens acreditavam que a bala não passaria pelo livro, que foi descrito pelo procurador James Brue como uma enciclopédia de capa dura. Ele revelou que a arma usada foi uma pistola Desert Eagle, de calibre 50.

O vídeo foi disponibilizado no YouTube através de uma live, que é um serviço de streaming para transmissão de vídeo ao vivo.

Publicidade

Além das pessoas, cerca de 30, que estavam assistindo à programação, a filha de Monalisa [VIDEO] e Pedro, de três anos, também presenciou o #Crime. A tia do jovem morto, Claudia Ruiz, contou aos jornais norte-americanos que o seu sobrinho estava querendo conquistar novos seguidores e queria ficar mais famoso. "Ele me contou a ideia e eu disse 'não faça isso, não faça isso. Por que você vai usar uma arma? Por quê?", disse ela. Claudia também defendeu Monalisa e contou que eles se gostavam muito e eram apaixonados um pelo outro. "Foi apenas uma brincadeira que deu errado", contou ela. Monalisa foi acusada de homicídio culposo e terá que comparecer à Justiça na próxima quarta-feira (5). A jovem está esperando um filho de Ruiz, seu segundo filho com o rapaz morto. A polícia está investigando o caso e já apreendeu as câmaras que foram usadas para gravar o crime.

Publicidade

Monalisa publicou, mais cedo naquele dia, em uma das suas redes sociais que ela iria gravar um vídeo muito perigoso com o seu namorado, o mais perigoso de todos os tempos. Ela contou no mesmo tweet que a ideia de gravar esse vídeo era do seu parceiro. Segundo Monalisa, ela não queria fazer a brincadeira, mas o seu namorado a convenceu. Um dos vizinhos de Monalisa contou que todos estavam aos prantos e que ele não conseguia ficar mais no local e resolveu ir para a sua casa.

O canal no YouTube de Monalisa e Ruiz mostra a vida de um casal de jovens com a responsabilidade de serem pais tão cedo. O vídeo que mostra Ruiz sendo morto tinha como o título: "Fazendo brincadeiras assustadoras no parque" e o canal é muito novo, só tem 2 meses de criação. A jovem contou aos seus fãs, a poucas semanas atrás, que o seu filho irá nascer em setembro e que a presença do pai era uma "bênção".

#youtuber #Morte