Uma adolescente morreu ao usar o celular enquanto tomava banho e a mensagem que enviou surpreende e choca a todos. Por isso que uma pergunta deve ser levantada: Até onde você não consegue se desapegar do seu celular?

Este talvez fosse um questionamento que deveria ter sido feito para Madison Coe, 14 anos, antes que ela tentasse enviar uma mensagem enquanto estava relaxando em uma banheira na casa de seu pai, em Lovington, nos Estados Unidos. A adolescente parece que sofria de dependência do aparelho e não conseguia ficar distante dele em momento algum.

Ela e muitos outros vêm sofrendo também deste mal, se utilizando de forma obsessiva e inadequada deste meio de comunicação, ou passando tempo demais com eles.

Publicidade
Publicidade

Em casos mais extremos, até colocando suas vidas em risco.

Um exemplo dessa falta de limites no uso dos celulares são as selfies que são tiradas em lugares perigosos e que desafiam a segurança pessoal, tudo em nome de uma competição sobre quem tira fotos mais incríveis. Tudo isso é feito de forma a desconsiderar o perigo iminente disso.

Foi o que aconteceu a Madison, que não percebeu o perigo que corria e morreu logo após enviar esta última mensagem ao seu amigo: “Quando você usa um cabo de extensão para que possa carregar seu celular enquanto está na banheira”. Logo após o ocorrido, sua mãe e sua avó perceberam uma queimadura em sua mãe sinalizando o que ocorrera de fato, ela foi eletrocutada enquanto enviava esta mensagem.

Os fatos também foram confirmados pelo boletim policial, que atestou que Madison fez uma espécie de gambiarra, ligando o celular a um cabo USB e este conectado a uma extensão.

Publicidade

O que Madison não sabia, ou não prestara a devida atenção, é que este cabo estava levemente desgastado, o que elevou bastante o grau de risco à vida da adolescente.

Ainda segundo a informação policial, Madison não percebeu esse desgaste e inconscientemente tocou nesta parte do fio que estava desgastado enquanto utilizava o seu aparelho. A combinação aparelho, fio desgastado e água causou o #Acidente e a morte precoce da adolescente.

Isto ocorreu no dia 9 de julho. Desde então, a família da jovem vem tentando conscientizar outros usuários, principalmente os adolescentes, a prestarem mais atenção quanto a utilização adequada dos aparelhos. Madison, segundo a família, era uma garota alegre, esportista, uma jogadora de basquete que cativava a todos com sua positividade. Ela iria fazer o Ensino Médio no próximo ano. #CuidadoComCelular #EUA