De acordo com a rede BBC, um curioso incidente que mostra a força do instinto materno nos #Animais aconteceu na Rússia, quando uma gata adotou oito filhotes de ouriço que haviam acabado de perder a mãe biológica.

O caso ocorreu no zoológico Sadgorod Zoo, situado na cidade portuária de Vladivostok, e teve início quando a genitora dos pequenos mamíferos sofreu um acidente envolvendo um cortador de grama, o que acabou lhe tirando a vida.

Sem a mãe para alimentar os filhotes, os tratadores do Sadgorod Zoo tentaram várias alternativas de nutrição com leite, como por exemplo, administrando o líquido com seringa, garrafa ou simplesmente deixando-o em um pires.

Publicidade
Publicidade

No período da noite, inclusive, os ouriços eram colocados sobre uma almofada aquecida para que seu processo de digestão fosse estimulado, e mesmo assim, todos os esforços estavam se mostrando infrutíferos, uma vez que os bebês insistiam em não aceitar o alimento.

Muska, a mãe adotiva

Como as opções de manter os pequeninos vivos estavam diminuindo, os funcionários do zoológico tentaram uma abordagem bem incomum, e aproximaram os ouriços da gata Muska – que, recentemente, havia adotado e criado uma ninhada de gatinhos –, torcendo para que o procedimento funcionasse.

Surpreendentemente, a aceitação foi mútua: os bebês, que estavam famintos, reagiram ao calor corporal da felina e ao cheiro de leite, voltando a se alimentar normalmente, ao passo que Muska confortava os filhotes recém-adotados todas as noites.

Publicidade

A nova rotina perdurou por mais de uma semana, e atualmente os ouriços já conseguem se alimentar sozinhos, ingerindo outros tipos de comida. Entretanto, a gata continua por perto de sua nova "cria", atenta a tudo o que os filhotes fazem.

Outro exemplo de adoção feito por gata

O incidente envolvendo Muska não é o único conhecido onde uma gata adotou filhotes de outra espécie. De acordo com o Huffington Post e o Irish Times, em maio de 2013 o casal irlandês de fazendeiros Ronan e Emma Lally, residentes da cidade de Clara, no Condado de Offaly, notaram que três de seus patinhos recém-chocados haviam desaparecido, e logo suspeitaram que uma gata (conhecida apenas como "A Gata Branca") que vive na vizinhança de sua propriedade estava envolvida no sumiço das aves.

Até este ponto eles estavam certos: a felina, de fato, havia "roubado" os animais, mas o casal foi surpreendido quando eles perceberam que os patinhos haviam sido pegos para serem cuidados juntamente com os três filhotes biológicos da gata, ao invés de serem comidos. Acompanhe algumas imagens:

#Curiosidades