Uma história revoltante, recheada de ameaças e sofrimento, dias e dias de terror sem fim, medo e desespero que veio à tona e chocou a Colômbia. Trata-se de um crime hediondo e covarde, onde um jovem foi abusado sexualmente por seu próprio avô durante longos oito anos, foi contaminado com o vírus do HIV e toda a barbárie veio a público com a morte do garoto que aconteceu nesta quarta-feira (12).

De acordo com o portal de notícias online UOL, os abusos só foram descobertos depois que o adolescente, muito doente e debilitado procurou ajuda médica, só então, já nos últimos momentos de vida ele teve coragem de relatar todos os anos de tortura e sofrimento que passou ao lado de seu algoz.

Publicidade
Publicidade

Saiba mais.

Fase terminal

O jovem já em fase terminal por causa das complicações provenientes do HIV e/ou AIDS, foi internado em um Hospital da cidade de Bogotá, capital da Colômbia. Foi durante seu atendimento que a equipe médica constatou que o adolescente era soro positivo e infelizmente já não havia muito a ser feito.

Segundo a imprensa local, foi durante o tempo que esteve sob os cuidados médicos que ele relatou que vinha sofrendo abusos sexuais do seu avó por oito anos e que nunca o denunciou pois vivia sob suas ameaças que fez de sua vida um inferno.

Prisão

As autoridades locais foram acionadas pela equipe médica que cuidava do jovem e imediatamente foram atrás do idoso. O Homem foi preso e deve permanecer assim até seu julgamento, ele vai responder por crime sexual. A Polícia Nacional da Colômbia investiga se outros dois menores, um com 9 anos e outro com 14 anos, que são da mesma família também foram abusados e contaminados pelo homem.

Publicidade

Abuso sexual

Infelizmente a maioria dos abusos sexuais contra crianças e adolescentes acontecem dentro de casa. Muitas vezes os criminosos e pedófilos são parentes, amigos da família, vizinhos, professores, entre outros. É preciso ter muito cuidado com as crianças pois elas se tornam presas fáceis e sucumbem as ameaças.

Existem alguns sinais que as crianças passam, mesmo de maneira inconsciente, que podem servir de alerta, entre eles podemos destacar:

  • Mudanças de comportamento, como agressividade e choro sem motivo aparente.
  • Perda de apetite.
  • Insônia. Sono agitado e pesadelos.
  • Proximidade excessiva com uma pessoa estranha.
  • Regressão.
  • Dificuldade de concentração.
  • Média escolar em baixa.
  • Medo excessivo.
  • Marcas no corpo.
  • Perguntas insistentes sobre sexualidade.
  • Dinheiro e presentes que aparecem em casa.

Estas informações foram obtidas no site da BBC Brasil. #Abuso Sexual #Violência doméstica #Casos de polícia