É muito comum que pessoas caiam nas famosas #Notícias falsas da internet. Algumas personalidades brasileiras são recordistas das chamadas "fake news". Recentemente, o site ‘’Sociedade Oculta’’ divulgou a informação de que um caminhão cheio de crianças sem órgão teria sido apreendido pela polícia.

A mesma informação, que é uma balela, foi dada nas redes sociais do México no ano passado. Felizmente, essa mazela não aconteceu, mas, sim, a foto das crianças mortas, divulgada no conteúdo é real, mas vinculada à uma outra tragédia. O caso virou alvo da coluna ‘’Me engana que eu posto’’, que faz parte do site da revista Veja.

Notícia de roubo de órgãos de crianças não é real

O sucesso da informação mentirosa foi absurdo.

Publicidade
Publicidade

Através de grupos no Facebook e no WhatsApp, a informação foi compartilhada mais de 434 mil vezes na internet. Um verdadeiro fenômeno.

O problema é que isso, além de ser uma falsa informação, acaba atrapalhando também o trabalho da imprensa de verdade, que perde tempo e dinheiro averiguando se uma notícia é ou não verdadeira.

Saiba o que diz a matéria mentirosa que ganhou repercussão nas redes sociais

A reportagem do ‘’Sociedade Oculta’’ já mostra que não é verdadeira por ter diversos erros de português. Na imprensa tradicional, pessoas capacitadas e letradas fazem esse tipo de trabalho. A falsa reportagem diz que houve uma onda de sumiços de criança no Brasil e que isso teria uma coincidência com a novela ‘’Senhora do Destino’’, que está sendo reprisada pela TV Globo no ‘’Vale a Pena ver de Novo’’.

Publicidade

A matéria continua a fazer uma longa introdução para não dizer nada com nada e fala do tráfico internacional de crianças para o roubo de órgãos. A polícia do México teria descoberto a tal quadrilha e um caminhão que seria dos bandidos. Nele, estariam dezenas de corpos de crianças. Todas estariam sem os órgãos, que seriam vendidos mundo a fora por uma verdadeira fortuna.

Saiba a origem da foto utilizada na matéria

O que foi noticiado pelo ‘’Sociedade Oculta’’ basicamente é o mesmo que já tinha sido notícia em ‘’Tiempo Digital’’. A foto utilizada na matéria é real. Ela foi feita no próprio México. Na época, 193 corpos foram encontrados em uma região do Norte.

Os corpos eram de imigrantes ilegais que foram assassinados ao tentarem entrar nos Estados Unidos. Na época, a morte, no entanto, acabou sendo atribuída ao grupo narcotraficante Los Zetas. Apenas recentemente o governo do México confirmou que policiais teriam feito o massacre. #FakeNews #É Manchete!