Quando a #solidariedade e o amor ao próximo salvam vidas é preciso divulgar. Nem só de tragédias a vida é feita, existem muitos atos de bondade, que acontecem diariamente em todo o planeta, contudo, eles não estampam as manchetes dos jornais pelo #Mundo afora. É preciso exaltar o 'bem'! Um exemplo de amor e fraternidade foi dado em uma praia, onde dezenas de banhistas formaram uma corrente humana e conseguiram salvar nove vidas. Saiba mais.

De acordo com o portal de notícias online do jornal O Globo, o #Salvamento aconteceu em uma praia da Flórida, nos Estados Unidos. O salvamento envolveu 80 banhistas e aconteceu no último sábado (8), na cidade do Panama.

Publicidade
Publicidade

Quando a solidariedade fala mais alto

Segundo a publicação do jornal "The Panama City News Herald", um grupo de banhistas se uniu para salvar nove pessoas que estavam se afogando dentro do mar e já se encontravam longe da costa.

Roberta Ursrey fez um relato emocionado ao jornal, ela disse que estava desesperada e pensava, "ah, meu Deus, é assim que vou morrer".

De acordo com Roberta ela estava muito preocupada com seus dois filhos que nadavam distante da praia, quando notou que eles estavam em apuros e se afogando. Em desespero ele entrou mar a dentro para tentar salvá-los e foi acompanhada pelo seu marido, pai dos garotos, seu primo e o avô, três outras pessoas também se propuseram a ajudar e nadaram em direção aos jovens.

Porém, depois de nadar aproximadamente por 100 metros e alcançar os jovens, todos eles também começaram a ter problemas e ficaram sem forças para retornar para a praia.

Publicidade

Naquele momento, nove pessoas estavam se afogando em uma profundidade de mais ou menos 5 metros.

Desesperados todos gritavam por socorro, foi quando vários banhistas que estavam na praia se uniram para salvá-los. A maneira segura que encontraram foi de fazer uma corrente humana para que pudessem se aproximar das pessoas que estavam em apuros, sem correr o risco de não conseguirem voltar e de se tornarem outras vítimas [VIDEO] de afogamento.

Sãos e salvos

Graças à mobilização das pessoas que estavam na praia de Panama City, as nove pessoas que estavam à deriva foram salvas, sendo que seis eram da mesma família. Uma mulher que participava do resgate sofreu um infarto e precisou ser hospitalizada, mas passa bem.

As pessoas que estavam se afogando não precisaram de atendimento médico, todas se recuperaram do grande susto.

Sempre é bom saber que existem pessoas dispostas a ajudar. Parabéns a todos os envolvidos.