Uma mulher na Índia foi presa acusada de ter cortado o pênis do marido. O incidente aconteceu na sequência de uma discussão, motivada por um suposto caso extraconjugal do homem. Desconfiada de estar sendo traída, a mulher de 30 anos cortou os órgãos genitais de seu marido, na última quinta-feira (20), por volta das 3h da manhã. Após o ataque, a mulher colocou o órgão na bolsa e se dirigiu, tranquilamente, para casa de seus pais.

Jagadeesan e Sarasu estavam casados há 14 anos e tinham quatro filhos, mas o #Casamento estava longe de viver seus melhores dias. Eles até estavam tentando dar uma nova oportunidade para a relação, depois de terem vivido separados durante mais de um ano.

Publicidade
Publicidade

No entanto, seu filho, de 13 anos, conseguiu convencer seus pais a darem uma nova chance para o casamento. Eles, de fato, teriam tentado e estavam vivendo juntos novamente.

Apesar de estarem tentando, a verdade é que eles não confiavam mais um no outro. As discussões e acusações de #traição eram mais que muitas e de parte a parte, motivando o mal estar na relação. Depois de várias trocas de acusações, a última briga aconteceu nessa quinta-feira fatídica, quando Jagadeesan chegou tarde em casa. Desconfiada, a mulher começou a briga e, sem que ele pudesse imaginar, ela o atacou de faca, conseguindo cortar toda sua genitália.

De acordo com a polícia, a mulher conseguiu mesmo cortar fora o pênis do marido, após o ter apanhado, desprevenido enquanto dormia. Depois de terem brigado até por volta das 2h da manhã, ele foi dormir.

Publicidade

Uma hora mais tarde, ela concluiu sua vingança. "Por volta das 3h da manhã, Sarasu pegou uma faca afiada de cozinha, cortou o pênis do marido e deixou a casa com a parte cortada", disse o subinspetor especial da polícia A. Krishnamoorthy, em declarações citadas pelo jornal #India Times.

Foram os vizinhos quem socorreram o homem, levando-o para o hospital. Ela ainda teve que ser transferido para um outro hospital, mais especializado, onde foi submetido a uma cirurgia. No momento, ele continua internado e se recuperando dos ferimentos. Se desconhece, no entanto, a gravidade de sua situação e como será sua evolução.

Sarasu foi detida quando se deslocava para casa de seus pais, onde estavam seus quatro filhos, um menino e três meninas. Na bolsa, ela levava o pênis cortado de seu marido, se desconhecendo o que pretenderia fazer com esse órgão cortado. Ela foi detida pela polícia e foi ainda acusada de ter usado de "linguagem imunda", além das acusações pelo ataque ao marido.