O pastor sul-africano Paseka Motsoeneng, também conhecido como Profeta Mboro, gerou #Polêmica nas redes sociais esta semana ao fazer uma publicação em sua página no Facebook afirmando que foi até o inferno e matou o diabo. No detalhe da publicação, o #Pastor dizia que foi “arrebatado” até o inferno e lá viu uma fila com diversas pessoas aguardando para serem julgadas por Satanás.

Ele afirmou que, entre as diversas pessoas conhecidas, havia diversos políticos da África do Sul. O pastor alega ter ficado "chocado" com o que viu, porque esses políticos “tinham comportamento de anjo aqui na terra” completou.

Mboro afirmou também que quando Satanás o viu no inferno, entrou em pânico por saber que seria morto.

Publicidade
Publicidade

“Quando o diabo me viu, ficou desesperado e mandou seu exército para me matar. Eu os derrotei e o diabo foi a minha última vítima”, declarou o pastor.

Não é a primeira vez que Paseka Motsoeneng realiza publicações polêmicas. De acordo com o site da rede britânica BBC, o pastor alega que foi "arrebatado" até o céu e fez diversos registros fotográficos com seu celular, sendo ridicularizado nas redes sociais por isso.

Mesmo assim, ele que cobrou cerca de 5 mil rands, (valor equivalente a cerca de R$ 1,2 mil) pelas "fotos celestiais" que registram detalhes reveladores do céu, evento que gerou grande polêmica. O pastor diz também ter "recebido de Deus" um presente por ajudar os pobres, uma BMW i8, avaliada em 2 milhões de rands, aproximadamente R$ 500 mil.

Segundo ele mesmo disse, "a Bíblia diz que quando fazemos o bem para os pobres, somos recompensados, e foi isso que aconteceu comigo".

Publicidade

Em outra ocasião, o pastor Paseka Motsoeneng realizou uma campanha para garantir a salvação dos fiéis e leva-los até o céu. Evidentemente que não foi somente pela graça de Jesus, mas pela pequena “bagatela” de 10 mil rands, valor equivalente a cerca de R$ 2,5 mil.

Em virtude da proporção que tomou a última polêmica, mediante aos ataques que recebeu nas redes sociais, o pastor acabou apagando a postagem. Porém, nesta terça-feira (4), publicou que “quando anunciei a morte de Satanás, aposto que alguns de vocês, pecadores, estavam preocupados porque não tinham ninguém para alimentar seus pecados”, afirmou.

O pastor Paseka Motsoeneng é um famoso televangelista da África do Sul e pastor do ministério Incredible Happenings (Acontecimentos Incríveis, em português). Suas publicações do Facebook foram restritas somente para seus amigos, porém seu perfil permanece habilitado.

Compartilhe e marque seus amigos. #heresia