Em uma sociedade na qual os homens são considerados superiores, as mulheres e as crianças são muito suscetíveis ao abuso. Por causa de seu comportamento frequentemente fraco e da maneira como a sociedade os vê, eles são mais propensos a serem vítimas de #Violência sexual. Ainda assim, também há muitos casos de violência sexual e violência doméstica que demoram para serem descobertos, pelo fato da vítima ser ameaçada pelos agressores. Como no caso deste jovem de apenas 13 anos, que era vítima de violência sexual [VIDEO]por uma senhora de 80 anos.

Segundo informações, como se não bastasse a tamanha crueldade com o garoto, ele era ameaçado pela acusada, caso ele contasse o que tinha acontecido para alguém.

Publicidade
Publicidade

De acordo com imprensa local, uma cidadã idosa identificada como Jowo, de 80 anos, que reside na cidade de Kota Palembang, na Indonésia, foi recentemente detida sob custódia por causa de, repetidamente, ter violentado sexualmente um adolescente de 13 anos. A mãe do adolescente identificada como Rohana, de 33 anos, registrou uma queixa contra a suspeita na delegacia da cidade.

De acordo com a mãe do garoto, ela descobriu o incidente quando viu o olhar traumatizado no rosto do filho, quando ele chegava à residência da idosa. Por sua vez, ela imediatamente perguntou a seu filho o que estava errado. Em resposta, o jovem disse que estava sendo obrigada a ter relações sexuais [VIDEO] com a idosa. Segundo o adolescente, ele relatou que a mulher tinha lhe dito que ele tinha que ter relações sexuais com ela 10 vezes toda vez que o esposo dela estivesse ausente.

Publicidade

Ainda de acordo com a vítima, ele disse que Jowo ameaçou matá-lo, caso ele não tivesse relações sexuais com ela, e também ela pagaria para ele 15 rupias após os encontros amorosos.

"Quando seu marido não estava em casa, ela me pedia para fazer sexo com ela. Ela ameaçou me assassinar se eu não cumprisse [VIDEO]", disse o menino. Devido ao choque e à raiva que sentiu, Rohana imediatamente foi até uma delegacia de polícia para denunciar o incidente. "Meu filho ainda é tão jovem e ele foi forçado a fazer tal coisa. Não posso aceitar isso", disse Rohana à polícia. Rohana afirmou para a polícia que sua família ajuda Jowo e seu marido de tempos em tempos, dando-lhes ajuda financeira. O caso contínua sendo investigado pelas autoridades locais.

O que você pode dizer sobre esse ato hediondo? Que punição deve ser dada a idosa, se ela for considerada culpada? Compartilhe seus pensamentos na sessão de comentários. #Crime #Casos de polícia