Um #Jovem de 19 anos acordou na madrugada, no meio da natureza, para provavelmente levar o maior susto da sua vida. Identificado apenas como Dylan, o jovem contou sua história dramática à imprensa americana. Ele foi atacado por um #Urso negro enquanto estava dormindo. Aos 19 anos, o jovem estava acampando com várias crianças e adolescentes em um campo de férias, no Colorado, não muito distante de Denver. Dylan conseguiu lutar por sua vida e acabou com vários ferimentos no hospital. Sua cabeça estava literalmente na boca de um urso!

Dylan ensina como sobreviver na natureza e, certamente, depois do que aconteceu com ele, pode ensinar como sobreviver também a ataques de ursos.

Publicidade
Publicidade

O objetivo desses acampamentos é fazer com que as crianças passem mais tempo na selva e aprendam a se defender. Dylan é um dos orientadores do local.

Cabeça estava na boca do urso

Dylan contou que acordou com o urso mordendo a sua cabeça e que escutou o som crocante dos dentes do urso tentando perfurar seu crânio. O urso estava tentando puxá-lo de dentro de seu saco de dormir, e ainda conseguiu arrastá-lo por vários metros. Porém, Dylan conseguiu se defender, dando alguns golpes no animal.

Quando ele acordou, durante o ataque, ele reagiu com socos e pontapés no urso e, com a ajuda dos outros jovens, que gritavam e tentavam tocar o animal dali para fora, ele conseguiu se libertar. O urso acabou indo embora e, felizmente, o animal não chegou perto do local onde estavam dormindo as várias crianças de 12 e 13 anos.

Publicidade

O americano foi atendido no parque e já foi liberado.

Cresce o número de ataques de ursos

Dylan foi atacado por um urso negro, um animal que não é conhecido como sendo muito agressivo. No entanto, o jornal The Sun conta que, nas últimas semanas, tem crescido muito o número de ataques nos EUA.

Na terça-feira passada, uma mulher e seus cachorros foram atacados depois de encontrarem uma ursa com seu filhote. Neste caso, a mãe ursa estaria tentando proteger o seu filho e, assustada com a presença da mulher, lançou seu ataque. Pior sorte tiveram duas pessoas no Alasca, durante o mês passado. Em ataques separados, duas pessoas foram mortas por ursos.

Por causa desses incidentes atípicos, as autoridades avisaram que qualquer urso negro que seja encontrado será imediatamente abatido. Nesse momento, estão procurando por esse urso que feriu Dylan, mas após algumas buscas, o animal ainda não foi encontrado. #Animais