A internet está presente na vida de todo mundo e é uma realidade que não tem mais volta. Crianças, jovens, adultos, idosos, todo mundo hoje em dia depende da web, seja de uma forma ou de outra. A internet facilita o envio de currículos, a compra de móveis e imóveis, possibilita uma rápida pesquisa no mercado de trabalho, nos coloca em comunicação com amigos e familiares distantes. Enfim, são muitas as possibilidades. Só que com isto, as crianças estão cada vez mais envolvidas neste mundo virtual e com os celulares em mãos, elas têm um mundo de possibilidades, o que é positivo, mas precisa da supervisão dos pais e responsáveis.

No Reino Unido, por exemplo, aconteceu algo que vem chamando a atenção de todos e mostra o quanto pode ser perigosa a aventura de uma criança na web.

Publicidade
Publicidade

Um garotinho de apenas cinco anos está sendo acusado de enviar nudes para outra criança e o assunto é tão sério que a polícia já está fazendo as investigações para saber o que de fato aconteceu.

De acordo com as primeiras investigações policiais, a criança de cinco anos faz parte de um grupo responsável por enviar nudes e todos são menores de idade.

Uma pesquisa recente mostrou que nestes últimos três anos, a polícia precisou interrogar cerca de 400 crianças por causa de envolvimento com material pornográfico. No Brasil não há dados oficiais sobre a questão, mas basta sairmos às ruas para vermos um grande número de meninos e meninas com celulares e eles ficam com estes aparelhos quase que o tempo todo, seja em casa, na escola, ou quando vão passear.

A recomendação não é proibir as crianças de usarem as novas tecnologias, mas orientá-las e monitorá-las, para evitar casos como este.

Publicidade

Adolescente morre eletrocutada ao pegar celular que estava recarregando a bateria

Outro fato que chamou a atenção nesta terça-feira (11) foi a notícia de que uma adolescente de apenas 14 anos morreu ao pegar o celular que estava ligado à rede elétrica para recarregar a bateria. O fato se deu neste último domingo (09) e a garota estava dentro da banheira quando pegou o aparelho e morreu com a descarga elétrica.

Madison Coe era uma adolescente repleta de planos, tinha muitas amigas e, como toda menina de sua idade, adorava ficar no celular, conferindo as novidades, acessando as redes sociais, fazendo postagem, utilizando aplicativos e assistindo a vídeos.

A polícia do estado do Novo México, nos Estados Unidos, já iniciou as investigações e informou que tudo indica que ela pegou o aparelho enquanto ainda estava tomando banho. Como o celular estava ligado à rede elétrica, ela foi eletrocutada e não resistiu à descarga elétrica. #Polêmica #nudes #Casos de polícia