Um #Vídeo feito dentro de uma delegacia na Colômbia vem sendo compartilhado massivamente na internet. Nas imagens gravadas através de um celular, é possível ver a mulher seminua e algemada a uma janela, ela está visivelmente bêbada e chega até a fazer uma 'dancinha' sensual para os policiais e para os detentos que estavam no local.

De acordo como portal de notícias internacionais, 'Mail Online', a mulher identificada como Katherine Martinez, de 27 anos, entrou na Justiça contra os policiais que a prenderam e que supostamente a obrigaram a fazer o strip-tease. Ela também quer ser ressarcida por danos morais, já que o vídeo feito dentro da delegacia, foi postado no WhastApp e está se tornando #Viral, ou seja, amplamente compartilhado nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade

Obrigada a ficar nua

Katherine Martinez afirma que foi detida e levada por oficiais de uma delegacia na cidade de Cali, na Colômbia. Ao chegar no local ela foi algemada à grade de uma janela, ainda segundo a modelo, ela havia torcido o tornozelo e estava sentindo muitas dores, por isso pediu que um dos policiais lhe arrumasse uma cadeira para que pudesse se sentar.

Martinez relata que os policiais disseram que só iriam permitir que ela se sentasse, caso fizesse um stripe-tease particular para os oficiais e detentos. A modelo disse que aceitou ficar seminua por causa das fortes dores e porque estava muito embriagada e fora de seu juízo perfeito.

Vídeo viral

Bastou ser compartilhado em uma rede social [VIDEO], para que o vídeo com a performance da modelo na delegacia se tornasse viral. A modelo, que é mãe e ex-fisioterapeuta, deixou a profissão em um hospital, para se lançar como modelo de DJ, se diz extremamente envergonhada com tamanha exposição e quer justiça para seu caso.

Publicidade

Pronunciamento da autoridade policial colombiana

Hugo Casas, comandante da Polícia de Cali, lamentou profundamente o acontecimento. Segundo ele, os oficiais sob sua responsabilidade assumiram que fizeram o vídeo e o compartilharam nas redes sociais, contudo, negaram veementemente que tenham chantageado a mulher ou mesmo a forçado a tirar a roupa.

O comandante ainda ressaltou que todos os envolvidos foram identificados e que as medidas legais serão tomadas. E que o ato de filmar o ocorrido e compartilhar nas redes sociais [VIDEO] é repugnante.

A modelo foi detida durante uma briga em uma partida de 'Tejo', um jogo muito popular na Colômbia que se assemelha ao jogo de 'Bocha'. Ela foi conduzida até a delegacia e, por causa de seu estado de embriaguez, decidiu por conta própria tirar a roupa, afirmou Hugo. #Casos de polícia