A americana Becky Turney, moradora no Alasca, #Estados Unidos, vivenciou há alguns anos, o pior dia da sua vida, quando recebeu a notícia de que seu filho Triston havia morrido quando ainda tinha 19 anos de idade. Porém, mesmo com a dor e o sofrimento, Becky seguiu com a vida.

Passados dois anos da morte de seu filho, ela casou-se com o homem que tanto desejava, Kelly Turney. Óbvio que, nesse grande dia, a noiva em cada passo que dava em direção ao altar, tinha a lembrança de seu filho Triston em sua mente. O amor por seu filho era tão presente que ela reservou uma cadeira para ele com a seguinte mensagem:

“No seu casamento, estarei no céu, sabe o que vou fazer? Virei à Terra apenas para passar esse dia contigo.

Publicidade
Publicidade

Por isso, peço que guarde meu lugar bem na frente, deixe essa cadeira vazia. Acredito que você não irá me ver, mas acredite, estarei ali.”

Porém, seu noivo preparou uma grande surpresa e conseguiu a deixar totalmente sem palavras. Instantes antes de a cerimônia começar, um jovem chamado Jacob Kilby, de 21 anos, havia se preparado para conhecer a noiva.

Ele tinha saído da cidade de San Diego, e era a grande surpresa preparada pelo noivo. Quando Becky avistou o jovem, imediatamente se derramou em lagrimas, pois tinha o conhecimento do que se tratava.

No ano em que seu filho veio a óbito, Becky permitiu a doação de seus órgãos. A atitude dela fez com que cinco pessoas pudessem continuar a viver. Uma dessas cinco pessoas era Jacob, que no ano de 2015 recebeu o coração de Triston.

O noivo de Becky organizou esse encontro durante vários meses e conseguiu fazer com que ele estivesse presente no dia mais especial de suas vidas.

Publicidade

O ato foi tão comovente que foi como se uma parte de Triston estivesse naquele momento com eles.

O encontro foi algo magnifico. Becky, com um estetoscópio, pôde ouvir o coração de seu filho por mais uma vez depois de anos. Mesmo ele não estando presente de forma física, seu coração era o mesmo e batia fortemente ao lado dela. Esse momento deve ter sido maravilhoso!

“Eu não pude me conter. Chorei como uma criança, pulei de alegria. Foi magnifico. Nunca fui surpreendida assim. Eu sou daquelas pessoas que sempre abrem os presentes de Natal antes da hora. Porém, o que ele conseguiu fazer comigo, sem que eu ao menos percebesse, foi fantástico”, conta Becky, emocionada.

Para Becky, ter o conhecimento de que seu filho pôde trazer de volta a vida do jovem e outras quatro pessoas foi magnífico. “Espero que outras pessoas possam perceber o quão grande é esse ato e considerem a doação de órgãos”, concluiu.

A história de Becky foi realmente triste, mas com um final feliz, que demonstra a existência de muitos corações bondosos neste mundo. #solidariedade #Viral