Publicidade
Publicidade

Os abusos sexuais envolvendo membros do clero não são nada novos. Muito tem sido relatado sobre isso há décadas, tanto que a questão chegou ao Vaticano. O Papa Francisco está atualmente repreendendo sacerdotes envolvidos em tais abusos, mas isso não significa que a prática já tenha parado. Segundo informações da imprensa local, recentemente, um padre nas Filipinas tentou levar uma adolescente de 13 anos a um motel [VIDEO], mas foi rapidamente preso pela polícia.

Ainda de acordo com imprensa local, o homem foi identificado como Monsenhor Arnel Fuentes Lagarejos, de 55 anos, que é um padre e serve nas paróquias na cidade de Marikina e Rizal, nas Filipinas.

Publicidade

Você não imaginaria alguém como ele levando um menor para um motel, mas isso realmente aconteceu. De acordo com informações divulgadas pela polícia, o sacerdote combinou com uma proxeneta, que segundo a polícia, também era menor de idade [VIDEO], para se encontrar com ele e com a garota em questão.

Eles se encontraram em um shopping center da cidade de Marikina. Mas, o que o acusado não sabia é que a mãe da menina ficou sabendo do plano do padre relatou o caso para as autoridades locais. Foi planejada uma operação de prisão. Monsenhor Arnel estava em um Ford EcoSport. Ele e as meninas estavam prestes a entrar no motel quando a polícia o parou e o prendeu.

Segundo a polícia, o acusado, quando viu a polícia, tentou usar uma arma, mas a polícia rapidamente o imobilizou, impedindo-o de usar sua arma.

Publicidade

Os membros do Distrito da Polícia Oriental tinham, na verdade, como alvo a proxeneta e a sua equipe, mas eles ficaram realmente surpresos ao descobrir que o padre estava envolvido.

O religioso agora enfrenta acusações de abuso infantil e tráfico de pessoas. Enquanto isso, a menina de 13 anos e o proxeneta [VIDEO] estão sob custódia do órgão de bem-estar da criança. A mãe da menina se recusou a dar uma declaração formal sobre o incidente. De acordo com o portal de notícias ABS CBN, o padre serviu em Marikina e Rizal, além de diretor de uma escola católica.

Monsenhor Arnel também ficou conhecido como um dos da resistência à aplicação da legislação da saúde reprodutiva. As alegações de abuso sexual contra padres católicos nas Filipinas estão aumentando, de acordo com um relatório da rede de notícias Al Jazeera. Ela apresentou o documentário 101 Oriente, revelando que as denúncias desses casos estão se tornando comuns no país, que é a maior nação católica na Ásia. As supostas vítimas foram ditas pressionadas para arquivar as acusações e teriam sido oferecidos pagamentos em troca do silêncio. #Religião #Crime #Casos de polícia