Publicidade
Publicidade

De acordo com informações do portal de notícias G1, 28 pessoas acabaram falecendo e outras seis ficaram feridas após um veículo coletivo cair de um enorme penhasco. A informação foi dada com destaque por uma fonte oficial do governo indiano. A #Tragédia teve grande repercussão na mídia e aconteceu em Khanetri, uma cidade que está dentro do chamado distrito de Shimla, no estado de Himachal Pradesh, que fica localizado no Norte da Índia.

Acidente de ônibus na Índia mata 28 pessoas: ônibus rolou 300 metros

O #Acidente ocorreu no instante em que o ônibus estava indo para a cidade de Solana. Ele havia acabado de deixar Reckong Peo.

Publicidade

Os detalhes do acidente são assustadores. Além de sair da estrada onde fazia o seu caminho, o coletivo ainda rolaria por mais trezentos metros. O destino do grupo ainda seria em um rio. Fotos divulgadas do que restou do ônibus impressionam, já que ele aparece completamente destruído.

Acidente com dezenas de morte pode ter sido ocasionado por falha humana

Além dos 28 mortos, seis pessoas também ficaram feridas, mas não há detalhes sobre o estado de saúde deles. Um porta-voz da cidade onde morreram os passageiros disse que ainda não se tinha certeza sobre o motivo para que o ônibus caísse de um penhasco, mas uma das possibilidades é que tenha existido uma falha humana. De qualquer forma, autoridades investigam os fatos para entender melhor a situação. O serviço de resgate encontrou a maioria das vítimas já mortas quando chegou ao local, conseguindo salvar apenas seis pessoas.

Publicidade

Não há pessoas que não estejam feridas

Os acidentes de trânsito são habituais na Índia, em muitos casos ocasionados pelo mau estado da estradas e falta de respeito dos motoristas pelas leis de trânsito.

Brasileiro acredita que acidente possa ter sido causada por falta de estrutura

Andre Cestalonni, um brasileiro que esteve na região no passado, usou uma rede social para falar sobre a tragédia. "Eu fui pra Shimla e passei pelo local do acidente de ônibus. A vista da montanha é bonita, mas a estrada é realmente perigosa. Mais adiante fica a estrada para Manali é ainda mais perigosa, porque vai entrando nas Cordilheiras dos Himalaias. Mas vale muito à pena a viagem se o visitante tiver oportunidade".

O brasileiro cita que tudo o que ocorreu é uma grande pena e pede mais ação dos governos. "Eu faria tudo de novo. Uma pena esse acidente. Tomara que conscientize os motoristas locais a serem mais cuidadosos e os governantes da região a investirem na infraestrutura", contou Andre.