Os espectadores ficaram chocados ao ver uma unidade K9, como são chamados ao cães policiais nos Estados Unidos, morder o braço de um suspeito que já estava no chão e algemado. O policial não conseguiu controlar o cachorro, que atacou e mordeu o braço do suspeito.

O homem, que foi preso em San Diego, Califórnia, nos Estados Unidos, sofreu uma grande ferida aberta depois que o cão não soltou o antebraço. O incidente foi capturado e publicado no Facebook por uma testemunha identificada como Angel Nunez.

Ele escreveu sobre o vídeo: "Este oficial não teve controle de seu K-9. Há algo de errado com essa imagem. O oficial não parece ter o treinamento adequado.

Publicidade
Publicidade

Além disso, esse cão não está bem treinado". Como pode ser visto no vídeo abaixo, o homem parece ter conversado com o policial.

Não está claro sobre o que eles estavam falando antes que a unidade K9 agarrasse o braço do suspeito com a mandíbula. O homem foi forçado a deitar-se no chão enquanto o oficial lhe pediu para mostrar suas mãos. O suspeito pode ser visto dando as mãos, gritando: "Está aqui mesmo! Está bem aqui!" Assista ao vídeo:

No vídeo é possível ouvir uma pessoa questionando: "Você não tem controle de seu cão?" Apesar de o suspeito se render ao policial, o cachorro continuou a morder. Pouco depois, o sangue começou a escorrer do braço do suspeito.

Dois policiais juntaram-se à cena, pedindo que os transeuntes recuassem. O caso dividiu opiniões em redes sociais. Algumas pessoas relataram que a #Polícia estava apenas fazendo seu trabalho.

Publicidade

O vídeo de Nunez não mostra muito do que aconteceu antes de o cachorro atacar o homem. "A polícia tem que lidar com a violência todos os dias. Suas vidas são ameaçadas constantemente por criminosos", disse um internauta.

Outros simpatizavam com o homem algemado, dizendo que o cão deveria ser morto e que a polícia deveria ser responsabilizada. O policial de San Diego Scott Wahl já emitiu uma declaração abordando o controverso vídeo e observando que a unidade K9 aderiu à política do Departamento de Polícia.

"Embora esses vídeos possam ser de natureza gráfica para ver, tenha em mente que nossos caninos são extremamente eficazes em situações de desvalorização e impedindo níveis elevados de força para levar as pessoas à prisão preventiva", afirmou o policial. As pessoas podem ter reações mistas com base no que veem no vídeo.

Mas, de acordo com o relato de Wahl, o oficial canino foi enviado para responder a uma chamada do 911 sobre um homem que se comportava de forma errada. As testemunhas acreditam que o homem estava pulando em carros, entrando e saindo do trânsito e até desafiou as pessoas a lutar.

Também foi relatado que o suspeito socou um motorista de táxi e tentou roubar a moto de alguém. O que você acha desse vídeo? Deixe-nos saber sua opinião na sessão de comentários abaixo. #Polêmica #Crime