Um #Vídeo que mostra a queda de uma garota do alto de um edifício, dentro de uma escola, vem sendo compartilhado massivamente nas redes sociais de todo o mundo. As imagens mostram uma garota se desequilibrando e caindo de uma altura de seis andares.

De acordo com o portal de notícias internacionais 'Mail Online', a garota foi identificada como Aditi Sanghi, de 16 anos e estudava no 'International College for Girls (ICG)', localizado na cidade de Jaipur, na Índia. O pai de Aditi era o instrutor do zip-line, conhecido como tirolesa no Brasil, e presenciou a morte trágica da filha, que caiu do alto do edifício, ponto de partida dos jovens.

Publicidade
Publicidade

Pai viu a queda da filha

No momento da queda da jovem, o pai não pode socorrê-la e infelizmente assistiu ao 'mergulho da garota para a morte'. Segundo as informações colhidas pelo jornal, a garota já tinha feito uma descida pela tirolesa sem maiores problemas, ela teria voltado ao topo do edifício para auxiliar o pai e os demais alunos, quando a tragédia aconteceu.

Aditi se desequilibrou e caiu de uma altura de aproximadamente 23 metros de altura. Seu pai, Sunil Sanghi, era a pessoa que supervisionava os exercícios feitos com a tirolesa. A jovem estava ajudando os estudantes com a colocação do equipamento para realizar a descida quando a fatalidade aconteceu.

Pessoas que observavam toda a movimentação e a descida dos alunos filmaram a queda da jovem, que chegou a ser socorrida e encaminhada para o Hospital Metro.

Publicidade

Contudo, devido aos graves ferimentos na cabeça, não resistiu e veio a óbito.

Segurança

Muitos alunos afirmaram que a segurança para a prática da descida pela tirolesa era precária. Eles estavam sentados na borda do telhado do prédio, sem nenhum equipamento, como por exemplo um cinto de segurança. Outra questão levantada foi a falta de uma rede de proteção que poderia ter evitado a morte precoce da garota.

Alpinismo

Muksan Agrawal que é um dos colegas de Aditi Sanghi afirmou que a garota era uma talentosa alpinista, que já tinha experiência em práticas esportivas como a tirolesa e que, inclusive, havia treinado escalada com ela.

Esclarecimento da instituição de ensino

O Dr. Rakhi Gupta, respnsável pelo 'International College for Girls (ICG)', afirmou que a instituição está isenta de qualquer culpa no caso da morte de Aditi, já que o próprio pai da jovem presenciou a queda e sabe que foi um #Acidente. Ele ainda disse que a jovem não estava se portando da maneira correta no momento que se desequilibrou e caiu.

O policial Mukesh Chaudhary, que é um dos oficiais que atenderam o caso, afirmou que as investigações sobre as circunstâncias da morte da jovem vão ter continuidade e que todas as testemunhas devem ser ouvidas.

Veja o vídeo da queda de Aditi:

#Viral