Publicidade
Publicidade

Em um incidente doloroso, uma adolescente indiana de 17 anos [VIDEO], foi forçada a dar à luz no meio da rua porque um hospital nas proximidades se recusou a fornecer ajuda médica. O caso ocorreu na segunda-feira (21), por volta das 5 da manhã, quando um residente da vila de Saraikela Kharsawan descobriu a nova mãe que embalava sua garotinha no colo, com o cordão umbilical pendurado ainda entre eles. A roupa do adolescente também estava cheia de sangue.

A menina malnutrida estava tão fraca que não conseguia reunir energia suficiente para ir ao centro de saúde da comunidade, que estava a cerca de 30 metros de distância do local onde ela estava.

Publicidade

Um vídeo foi gravado por uma testemunha e divulgado em mídias sócias causando revolta entre os internautas. "Ela estava em um estado miserável. Ela estava tremendo e incapaz de levantar e abraçar seu bebê [VIDEO]. Os veículos pesados estavam atravessando, mas ela não teve força para se afastar", disse um residente local.

Assim, os aldeões tiveram que formar barreiras à sua volta para evitar que os veículos que se aproximassem. Um residente local explicou que eles foram até o centro de saúde da comunidade para pedir ajuda para a mãe e o bebê. Mas aparentemente, a equipe médica recusou-se a prestar ajuda imediata [VIDEO]à menina e ao recém-nascido porque precisavam da permissão do chefe, bem como dos pais da adolescente, já que ela não estava acompanhada por um tutor. Além disso disseram aos moradores que eles tinham que organizar seu próprio transporte devido à indisponibilidade de uma ambulância naquele momento.

Publicidade

Furiosos, os moradores arrumaram um veículo e levaram a adolescente e a menina para uma unidade médica. De acordo com o Daily Mail, a pobre menina vivia nas ruas nos últimos quatro meses, porque ela foi abandonada por seu namorado depois de engravidar e foi forçada a sair de casa pelos seus pais, pois, sua família se preocupava com sua reputação e não queriam ser envergonhados. "O que aconteceu foi errado e infeliz. Havia apenas dois enfermeiros no centro de saúde, que estavam ocupados entregando #Bebês gêmeos quando fomos informados sobre a garota", disse Dr Lakhindra Hansda um médico do hospital.

Os moradores que socorreram a garota acreditam que ela poderia ter sido mais bem tratada. O estado de saúde da adolescente e do bebê é estável e depois de recberem alta foram transferidos para um abrigo para mulheres em Jharkhand. "Tanto a mãe quanto o bebê agora estão bem. Vamos informar os pais e espero que ela obtenha o apoio que precisa", acrescentou o médico. #adolescentes #India