Publicidade
Publicidade

Na cidade de Butuan, na Filipinas, ocorreu um crime chocante. Na ocasião, três garotas que são membros de gangue de menores de idade espancou severamente uma adolescente indefesa [VIDEO]. O incidente ocorreu na frente do PS Arcade na terça-feira (8). Todo o incidente foi gravado por uma câmera de segurança na localidade. Segundo informações, as imagens serão usadas para levar as culpadas à Justiça. No vídeo, é possível ver que uma garota de cinza conversa com a garota de branco, outras duas aparecem na cena e passam a cercar a garota de branco. Depois de mais alguns segundos, começam as agressões. A garota de cinza de repente dá um soco na garota de branco.

Publicidade

Depois, as adolescentes consideradas membros de gangues menores começaram a bater impiedosamente a adolescente indefesa. A vítima foi agredida com socos, chutes, puxões de cabelo [VIDEO] e arrastada pelas agressoras. “O que vimos no vídeo viral foi muito alarmante, fizemos a nossa investigação inicial e consideramos a possibilidade de que possamos estar a ver a violência relacionada com a gangue. Nós investigamos encontros violentos no passado, mas principalmente entre adolescentes do sexo masculino que estão ligados a gangues, mas esta é a primeira vez que vimos mulheres que perpetram essa violência", disse o inspetor da #Polícia Paul Paden.

Nas imagens também é possível ver que duas pessoas estão próximas da vítima, mas ninguém faz nada para apartar a briga. As agressoras só param de agredir a jovem quando um homem não identificado se aproximou delas.

Publicidade

De acordo com a polícia da cidade de Butuan, as investigações sobre o assunto rendeu informações que apontam para a identidade dos membros menores de gangues menores. Aparentemente, tanto as agressoras como a vítima [VIDEO] são alunos do mesmo ensino médio e, segundo eles, pertencem a gangues rivais. Isso poderia explicar por que o ataque ocorreu. Segundo a polícia, nenhuma queixa foi registrada na delegacia contra as agressoras.

Segundo um amigo da vítima, a briga aconteceu por causa de um rapaz. "Foi uma disputa que começou sobre um rapaz, depois se espalhou nas mídias sociais. A luta on-line aumentou para as ameaças verbais tanto dos atacantes como até da vítima. A vítima até desafiou um dos atacantes a uma briga de um a um, depois de ter sido enganada pelas mídias sociais", disse o amigo da vítima. Paul Paden, relatou que a polícia já está ciente das agressões, mas a vítima tem que ir à delegacia pessoalmente registrar uma queixa contra as acusadas para dar início nas investigações.

Veja o vídeo do incidente logo abaixo

O que você pode dizer sobre esse incidente? O que você acha que deveria ser feito para acabar com a violência das gerações menores de idade? Compartilhe seus pensamentos e opiniões abaixo. #Polícia Federal