A morte de Chester Benninghton ainda continua gerando muito impacto para todos os fãs do #linkin park, de tal forma que várias pessoas não estão aguentando a dor e decidem tirar a sua própria vida. Tal como informa o site “Revista Cifras”, pouco mais de uma semana depois dessa enorme tragédia, pelo menos três fãs do músico e do grupo, que marcou uma geração, decidiram se suicidar.

A primeira vítima era uma mulher com dois filhos, enfermeira que, segundo uma amiga, não conseguiu aguentar a enorme dor que foi ver perder dessa forma um dos seus maiores ídolos. "Minha melhor amiga, que teve uma vida dura, sentiu a morte de Chester de um jeito muito forte e decidiu tirar a própria vida”, informou a amiga da vítima no portal “Reddit”.

Publicidade
Publicidade

O segundo fã que decidiu tirar a sua vida, poucos dias depois do suicídio de Chester, foi um jovem, com apenas 15 anos de idade, na Argentina. Segundo uma reportagem que foi feita pelo jornal local “Cronica”, o relatório policial garante que existia de fato uma ligação entre a decisão do jovem se suicidar e do fato de Chester Benninghton se ter enforcado na porta do seu quarto, quando ninguém estava dentro de casa.

A terceira pessoa que se suicidou foi Melissa, que mora no estado de Delaware, nos Estados Unidos, que, poucos dias antes, tinha escrito uma mensagem emocionada nas redes sociais oficiais do Linkin Park. “A única coisa que estava me mantendo viva é o show de vocês em Nova Jersey, no dia 1° de agosto. Significaria uma questão de vida ou morte se vocês pudessem me dar um autógrafo ou conhecer vocês.

Publicidade

Estou vivendo por vocês e é urgente”, escreveu a jovem, como garante o site “Notícias ao Minuto”. Depois da morte do vocalista do grupo americano, foi o próprio irmão de Melissa que informou, no seu “Facebook”, de que a jovem tinha se suicidado. [VIDEO]

Vale a pena recordar que, desde o primeiro momento que o suicídio do seu vocalista se tornou público, os responsáveis pelo Link Park enviaram “links” para sites onde as pessoas, que por uma razão por outra, se sintam tristes ou deprimidas possam comunicar com especialistas que podem ajudar a que elas consigam ultrapassar os seus demônios.

No Brasil, o Centro de Valorização da Vida, associação civil sem fins lucrativos [VIDEO], está oferendo apoio emocional e prevenção do suicídio de forma completamente gratuita, durante todas as horas do dia. Também ficou triste com a notícia da morte de uma das grandes vozes da década passada? Deixe seu comentário embaixo. #Chester Bennington #Música