Publicidade
Publicidade

Um ataque terrorista em Barcelona, na #Espanha, deixou 13 mortos e dezenas de feridos. Na ultima quinta-feira (17), no período da tarde, em Barcelona, na avenida Las Ramblas, uma van branca ziguezagueou por 500 metros em alta velocidade e atropelou dezenas de pedestres deixando 13 mortos. A avenida é uma das mais movimentadas nesta época do ano, onde turistas de toda parte do mundo vão visitar a cidade.

Segundo o jornal espanhol "La Vanguardia", algumas das vítimas, além de espanhóis, são da China, Kuwait, Estados Unidos, Turquia, Áustria, Taiwan, Paquistão, Reino Unido, Romênia, Grécia, Peru, Cuba, Irlanda, Macedônia, Venezuela, Bélgica, França, Holanda, Alemanha e Argentina.

Publicidade

A polícia espanhola acredita que esse ataque tenha sido orquestrado de forma "desesperada" por terroristas após a explosão de uma casa na cidade de Alcanar, na noite da quarta-feira (16). Na residência havia vários cilindros de gás butano (utilizado para produzir bombas).

A polícia espanhola também confirmou que o suspeito de ter dirigido a van foi morto algumas horas depois em uma operação que estava sendo realizada na cidade de Cambrils [VIDEO], onde ocorreu outro atentado na madrugada da ultima sexta-feira (18). Um veículo, Audi A3, atropelou várias pessoas que estavam realizando um passeio marítimo, até que se chocou com uma barreira policial na cidade, que disparou contra os suspeitos no veiculo. Além do suspeito, outros quatro terroristas que estavam juntos foram mortos no momento, todos usando coletes com explosivos falsos.

Publicidade

Segundo o jornal "El País", além do suspeito de estar dirigindo a van, Moussa Oukabir, marroquino de 17 anos, outros três suspeitos estão sendo procurados pela polícia. Os suspeitos são: Said Aalla, de 18 anos, Mohamed Hychami, de 24 anos, e Younes Abouyaaqoub, de 20 anos, também de origem marroquina.

Outras quatro pessoas, entre 21 e 34 anos, já foram detidas para investigação, sendo um deles o irmão mais velho de Moussa Oukabir, Driss Oukabir. Segundo os policiais, nenhum deles possuem antecedentes ligado a #Terrorismo.

A polícia espanhola acredita que os dois atentados foram realizados por um mesmo grupo de terrorista. Quatro cidades estão sendo o centro das investigações, sendo elas, Barcelona, Cambrils, Alcanar e Ripoll, onde foi detido Driss Oukabir e outras duas pessoas. Atentados como esse vem acontecendo há anos em alguns países. A Espanha [VIDEO], que em 2004 sofreu com o pior atentada na #Europa, mais uma vez é alvo de terrorismo.