Respeitado entre os ufólogos profissionais e demais pesquisadores de todo o mundo, o britânico Philip Mantle, escritor e representante da Mutual UFO Network (Mufon), no Reino Unido, a mais antiga e credível organização privada de estudos ufológicos do planeta, revelou, pela primeira vez, ao conceituado jornal inglês Daily Mail, eventos genuínos e inexplicáveis relacionados ao tema, todos estudados por ele – confira a manchete.

Embora o assunto seja tratado de forma grosseira na imprensa brasileira, veículos midiáticos de grande credibilidade no exterior reportam o fenômeno com ética e isonomia, a fim de mostrar os fatos - muitas vezes conflitantes com o pragmatismo científico e a estrutura social vigente (status quo).

Publicidade
Publicidade

1 - Militar da RAF atordoado com observação de óvnis

Em 1971, Alan Turner exercia o cargo de supervisor militar na Força Aérea Real (RAF), no Reino Unido, a mais antiga e prestigiada do mundo.

Na ocasião, enquanto atuava no condado de Hampshire (Inglaterra), ficou perplexo ao constatar pelo radar sete objetos voadores não identificados (óvnis/UFOs) realizando movimentos incompatíveis com as aeronaves existentes na época.

Turner destacou observar os UFOs [VIDEO] subindo de 3 mil para 60 mil pés de altura numa velocidade supersônica. Ainda acrescentou que o fenômeno também foi testemunhado por quatro controladores civis e seis militares.

2 - Disco voador na Austrália

Outro intrigante episódio estudado pelo ufólogo, autor de vários livros sobre o tema, entre eles Arquivos de #UFOs da Rússia (UFO Case Files of Russia, sem tradução para o português),vendido pela Amazon, aconteceu em 1995, em Melbourne.

Publicidade

Naquele ano, Ralph Keane e o filho Roy fotografaram uma alegada nave espacial na parte de trás da casa onde moravam. Em depoimento ao ufólogo, Keane salientou um aspecto curioso sobre a estrutura.

Disse que ela parecia pairar toda vez que eles a fotografavam. O UFO aparentava estar consciente de que os australianos o estavam observando.

Analisadas pelo especialista em fotografia Winston Keech, as imagens foram consideradas autênticas. Após diversos testes com as fotos, Keech constatou não haver indícios de fraude. Ele salientou que a imagem retratava uma estrutura reflexiva sólida.

3 – 'Diamante voador' na Inglaterra

Conforme Philip Mantle, esse avistamento aconteceu em Darwen, condado de Lancashire (Inglaterra), em 1985.

Publicidade

Josephine Howard, testemunha do episódio, confidenciou que, ao caminhar em direção ao carro estacionado em sua casa, olhou para o céu e viu duas luzes vermelhas redondas. Ela as descreveu como sendo do tamanho dos faróis de um automóvel.

As luzes estavam na frente de um objeto em forma de diamante. Ao ficar embaixo da estrutura, Josephine notou que ele tinha grandes proporções, além de não emitir ruídos e se movimentar lentamente.

Depois de 8 minutos, o óvni disparou rapidamente na vertical, desaparecendo em questão de segundos. Impressionada com a ocorrência, Josephine desenhou o objeto. Confira a seguir.

4 – Marcas estranhas e aparição alienígena

Segundo o ufólogo, em 1991, médicos ficaram perplexos com singulares marcas no corpo de uma mulher, na Hungria. De acordo com Mantle, tudo começou com um bizarro objeto preto, do tamanho de um ovo, que voava pela cozinha da casa.

Conforme a vítima, o óvni fazia movimentos ondulantes e um som esquisito ao circular pelo lugar. Contudo, a cena ficou ainda mais estranha quando, de repente, “uma mulher” se manifestou em outro cômodo da residência, e acenou para ela.

Alguns dias depois, ela foi acordada pela voz da entidade, que pediu para levantar o braço. Ao obedecer, a húngara sentiu uma intensa dor no cotovelo e desmaiou.

Ao acordar, experimentou uma forte dor no abdômen e observou as peculiares marcas na região do estômago, sem explicação até hoje.

Ao que parece, mistérios fazem parte da natureza humana. Como declarou, certa vez, o filósofo alemão do século 19 Arthur Schopenhauer: “Quanto menos inteligente um homem é, menos misteriosa lhe parece a existência”. #Misterios #Ovni