Uma jovem #aeromoça está indignada, após ter perdido seu emprego de sonho. A inglesa Charlotte Whittingham tem 25 anos e trabalhava de aeromoça na importante companhia aérea Virgin Atlantic, quando foi mandada embora. A bonita Charlotte diz que foi por ela ser #bissexual, mas a empresa garante que foi por ela expôr uma de suas clientes. As dúvidas prometem prosseguir em um caso que está gerando polêmica na Inglaterra.

Quando muito se fala em igualdade de direitos, independentemente de sexo, raça, religião ou opção sexual, um caso está dando muito que falar na Inglaterra. Uma jovem garante que foi despedida por ser bissexual, e por ter trocado mensagens públicas, no Facebook, com sua namorada.

Publicidade
Publicidade

Tudo começou quando sua namorada Stacey McClean escreveu no Facebook que ela era uma sortuda por viajar perto de #Rita Ora, a bonita cantora britânica.

A esse comentário respondeu a aeromoça Charlotte, descrevendo Rita Ora [VIDEO]como uma "pintura a óleo", sugerindo que a cantora de 'Your Song' estava demasiado perfeita, quando ela a viu, durante um voo. Na verdade, o que aconteceu foi que a cantora britânica, de ascendência albanesa, voou durante o turno da aeromoça, que teria ficado feliz, por ter uma celebridade tão perto e por a estar servindo, durante seu trabalho.

Charlotte não disfarçou o entusiasmo e teria compartilhado sua euforia com sua namorada, através das redes sociais.

Publicidade

No entanto, ela garante que não revelou detalhes privados sobre seu trabalho, o que é proibido e é precisamente isso que a empresa acusa como base de seu despedimento. A jovem alega, no entanto, que eles estão se aproveitando disso, para a despedirem, apenas por ela ter uma namorada e ter se declarado publicamente como sendo bissexual.

O despedimento aconteceu duas semanas depois dessa conversa no Facebook. Os patrões lhe disseram que ela deveria demitir-se ou enfrentar processos disciplinares por esse post, de acordo com o jornal The Sun. O jornal inglês acrescenta ainda que ela disse a um amigo: "Estou absolutamente devastada. Fazer parte da equipe da Virgin era o trabalho dos meus sonhos. Sempre fiquei tão consciente de não afetar a marca por nada. Mas quando minha namorada fez um status dizendo como tinha sorte de voar com Rita, eu simplesmente respondi sobre o quão bela era ela. Virgin não foi mencionada sequer", garantiu Charlotte.

A jovem beldade ainda retirou mais tarde esse post do Facebook, mas de nada valeu, uma vez que eles já haviam tomado a decisão.

Publicidade

Entretanto, a Virgin Atlantic já reagiu a essa polêmica, dizendo: "Nós respeitamos a privacidade dos funcionários e a privacidade de nossos clientes e, portanto, não podemos comentar sobre situações específicas. Em geral, esperamos altos padrões de comportamento de todos os nossos funcionários e asseguramos que a privacidade do cliente seja mantida em toda a experiência com a Virgin Atlantic".