Publicidade
Publicidade

Muita gente adora ir à praia. O jovem Sam Kanizay, de 16 anos, é uma dessas pessoas. Ele foi à praia no último sábado (5), quando o que era para ser um dia de sol virou uma grande tragédia. O rapaz tinha ido apenas bater uma bolinha com os seus amigos de futebol e, em seguida, fez algo normal, que era hábito dele e dos amigos. O rapaz entrou na água para se refrescar. Ele fez a escolha errada e o que veio a seguir foi um tremendo horror, como mostra uma matéria da coluna 'Hora 7', do portal de notícias R7, publicada nesta terça-feira (8).

Jovem queria apenas tomar banho de mar, mas acabou tendo pernas comidas por criaturas misteriosas

O caso aconteceu na praia de Dendy Street, que fica no Sudeste da Austrália.

Publicidade

O jovem disse que ao sair da água estava com as perna [VIDEO]s cobertas de sangue. Foram apenas trinta minutos no #mar, o suficiente para ele dizer que estava com tanta dor que sequer conseguia andar normalmente. Ele disse que tentaram fazer com que o sangue fosse estancado, mas suas pernas estavam com muitos buraquinhos.

'Meu sangue não parava de jorrar', diz jovem que foi vítima de ser estranho na água do mar

A quantidade de sangue que saía do rapaz era realmente muito grande, o que foi deixando todos os seus amigos e familiares completamente preocupados. Algumas pessoas perceberam que ainda era possível ver as pequenas criaturas que atacaram Sam Kanizay andando em cima dele. Os animais realmente eram muito espertos. A coisa foi tão séria que o jovem acabou tendo que ser internado. Poças de sangue foram se formando e a emergência teve que se mobilizar para fazer o seu salvamento, em um ato visto quase como inacreditável.

Publicidade

Médicos e especialistas não chegam à conclusão sobre o que teria atacado o garoto

Muitos médicos tentaram adivinhar o que teria feito o jovem ser quase mutilado na praia australiana. Os especialistas contaram que não foi nada fácil estancar o sangue. Isso porque o sangue estava voltando a jorrar o tempo inteiro. O pai de Sam, identificado com Jarroz Kanizay, filmou e fotografou o ser que viu entrando em seu filho. Ele então criou um debate sobre o tema.

Para Michael Brown, que faz pesquisas com biologia marinha, tratam-se de larvas de águas vivas, que se alimentam de pequenos animais. No entanto, outro especialista acredita que seja um crustáceo que também o atacou no passado. "Ele atingiu meu rosto quando estava tomando banho", disse o homem.

E você, tem sua aposta sobre o que seja o animal? Deixe o seu comentário. #Chocante