De acordo com a agência de notícias Associated Press, nesta sexta-feira (11) dois trens de passageiros colidiram entre si na cidade portuária de Alexandria, situada às margens do Mar Mediterrâneo, no #Egito, o que resultou até o momento na morte [VIDEO] de 43 pessoas. Além disso, mais 122 indivíduos ficaram feridos naquele que está sendo considerado pelas autoridades locais o acidente [VIDEO] ferroviário mais letal do país desde 2006, quando 51 pessoas morreram após dois trens colidirem perto do Cairo (capital do Egito).

Em comunicado feito pela Autoridade Egípcia de Ferrovias – entidade estatal responsável pela administração das estradas de ferro da nação –, foi explicado que um dos trens estava vindo do Cairo e acabou batendo na traseira de outro transporte ferroviário que estava parado em uma estação localizada no distrito de Khorshid, no leste de Alexandria.

Publicidade
Publicidade

O trem estacionado havia chegado momentos antes do acidente, e era proveniente da cidade mediterrânea de Porto Said.

No entanto, a declaração emitida pela entidade estatal egípcia não informou a causa exata do acidente, ressaltando apenas que especialistas do governo estão investigando os possíveis fatores que levaram à tragédia.

Cenário de caos

Imagens feitas no local do acidente revelaram que vários vagões sofreram avarias consideráveis e acabaram descarrilando, o que atraiu a atenção de centenas de espectadores. Residentes de casas próximas à estação onde a tragédia ocorreu entraram nos trens para procurar por sobreviventes e oferecer ajuda.

Ambulâncias foram acionadas para dar assistência aos passageiros feridos, e tanto a polícia quanto os militares passaram a fazer a segurança da área, de modo que os curiosos pudessem ser afastados da cena do desastre.

Publicidade

Guindastes chegaram ao local incidente quando já estava anoitecendo em Alexandria, e auxiliados por holofotes, começaram a remover os destroços de cima dos trilhos para que o tráfego ferroviário pudesse ser restabelecido. Enquanto isso, equipes de resgate continuavam na tarefa de procurar por mais cadáveres e feridos dentro dos vagões.

Ainda segundo a Associated Press, o sistema ferroviário do Egito tem um histórico de segurança considerado fraco – somente no ano passado foram registrados 1.249 acidentes em estradas de ferro país –, e contribuem para este cenário o gerenciamento deficiente conduzido pela administração pública e a manutenção precária de equipamentos. #Chocante #Acidente ferroviário