Publicidade
Publicidade

Não é fácil dar a notícia de que uma mulher [VIDEO]foi morta depois de dar à luz porque todas as jovens que são gestantes sempre esperam por esse momento e, quando o final não se sai como esperado, é muito triste. Uma jovem de 26 anos foi morta depois fazer um #parto cesariana, essa história chocou os amigos e familiares da moça. Rocío Cortés Núñez era o nome da dona de casa, que teve o seu corpo partido ao meio devido a falhas mecânicas do elevador.

Entenda o caso

A história de Rocío [VIDEO]virou manchete no mundo inteiro. O acidente aconteceu na Espanha, na cidade de Sevilha, quando o elevador do Hospital Valme deu problemas e começou subir antes de que o corpo inteiro da jovem estivesse para dentro do ascensor.

Publicidade

Os enfermeiros e os médicos do local não conseguiram evitar a situação e o corpo de Rocío foi dividido ao meio de forma brutal. A moça teve que subir de elevador porque a maternidade do Hospital fica no ponto superior do prédio.

Os funcionários do hospital chamaram os bombeiros para que eles resolvessem alguma coisa, mas não teve jeito e a moça faleceu. O cunhado de Rocío disse que o seu irmão, que é marido da vítima, está bastante abalado com a situação e tem sede de justiça. Eles desejam que as autoridades tomem atitude e façam alguma coisa para ajudar nas investigações do caso. Segundo a família da jovem, os culpados tem que ser punidos. Uma investigação já se iniciou e está aberta para entender o que realmente aconteceu no local.

Segurança no elevador

A segurança no elevador é muito importante para a segurança das pessoas.

Publicidade

Apesar de ser considerado o transporte mais seguro do mundo, o elevador ainda traz muitas dores de cabeças aos seus usuários e, por isso, tem que ser revisado sempre que possível para evitar acidentes, que podem levar à morte. A manutenção de elevadores é obrigatória e, se for descoberto que uma instituição não cumpre com as regras estabelecidas na lei, o proprietário pode ir para a cadeia.

Estatísticas de mortalidade no parto

Muitas mulheres morrem depois de dar à luz um filho. Apesar de ser muito triste, isso é um fato recorrente e, muitas das vezes, inevitável. Em 2015, foi dada a notícia de que 130 milhões de mulheres que dão à luz no mundo todos os anos, 303 mil morrem durante o parto. O número é preocupante e também foi constatado que as mulheres que optam por não ir ao hospital na hora do parto têm maior chance de não sobreviver. O certo é fazer o pré-natal, não se descuidar e fazer todos os exames que o médico pedir. #Mulher