Em todo o mundo, os Estados Unidos tiveram o privilégio de ser o único país a poder observar o eclipse solar [VIDEO] completamente, no início da tarde desta segunda-feira (21). Por mais de 1 hora, os norte-americanos contemplaram a sombra da luz passando por boa parte daquele país, enquanto por aqui no Brasil, apenas o Norte, Nordeste e o Centro-Oeste é que puderam ver e, mesmo assim, apenas de forma parcial, o #fenômeno.

Ao todo, foram 15 estados brasileiros que tiveram o privilégio de ver um pouco deste eclipse, exceto nas regiões onde o tempo nublado impediu. Nos Estados Unidos, o fenômeno acontece às 13 horas, pelo horário de Brasília, e mobilizou uma multidão.

Publicidade
Publicidade

No momento em que a Lua fica entre o Sol e a Terra, é como se ficasse de noite durante o dia e é normal que haja uma rápida queda na temperatura. Essa queda vai depender da região e da época do ano. Por exemplo, se neste período, em determinada cidade, a diferença entre a temperatura de dia e à noite é muito grande, então, no momento do eclipse também seria sentido quase que desta forma.

Entretanto, é preciso levar em conta que a luz solar foi interrompida apenas por alguns minutos. Então, pode ser que não haja tempo suficiente para o ambiente ficar mais frio. Nos Estados Unidos, onde o eclipse foi total, a queda na temperatura podia chegar a 10 graus Celsius. No Brasil, nas regiões onde o eclipse foi parcial, a queda na temperatura poderia chegar a apenas 3 graus.

Havendo mudança na temperatura, muda também a direção do vento e até mesmo sua velocidade.

Publicidade

Os cientistas chamam isto de vento do eclipse. Esse efeito tem duração de apenas alguns minutos, o tempo que dura o #Eclipse solar.

Durante o fenômeno [VIDEO], é muito comum observar que os animais mudam seu comportamento, porque, para eles, é algo sem explicação. Os animais têm o seu relógio biológico sincronizado com o Sol, estão acostumados a dormir em determinado tempo e também se alimentarem. Quando a noite chega, os animais entendem que está na hora de dormir, ou de sair para a caça, dependendo de cada um.

No momento em que a luz cobre os raios solares e fica escuro, as aves ficam desesperadas, pois não estavam esperando por isso. Também é comum ver os cães, gatos e outros bichos ficarem confusos. Da mesma forma, as aves que têm hábitos noturnos acabam saindo para procurar alimentos e logo são surpreendidas, porque em poucos minutos o Sol volta a brilhar novamente.

No momento do eclipse, é possível ver que os grilos e sapos começam seus concertos e pouco depois já param, ao notarem que está clareando novamente.

A Nasa está transmitindo o eclipse solar ao vivo, assista:

#Natureza